Press "Enter" to skip to content

Windows 9 “Threshold” chegará em 2015… O que esperar dele?

windows-9

De acordo com relatos, a nova versão do Windows (9) chegará em 2015, e já foi apelidada, pela Microsoft, de “Threshold”.

A melhor tradução para o termo “Threshold” é “limiar”, que traz a ideia de “começo”. O Windows 9 pode representar o começo de uma nova era. E é assim que particularmente espero. Torço, imensamente, para que a Microsoft entenda que fazer um sistema operacional para tablets e disponibilizá-lo para usuários de PC não é legal. Na tela do computador, temos espaço o suficiente na tela e precisão oferecida por periféricos (teclado e mouse) que inviabilizam a necessidade de um aplicativo roubar a interface inteira de tela cheia no sistema. Veja bem: não sou contra a remoção total de aplicativos em tela cheia, mas sou favor à sua reestruturação. Que tal analisarmos a maneira que a Apple lida com aplicativos em tela cheia?

Usuários de Macs sabem o quão maravilhoso é o gerenciamento de janelas desenvolvido pela Apple. Há, nos aplicativos que possuem o recurso de tela cheia disponível, um botão (duas setas se expandindo) que oferece sua possibilidade de entrar no modo tela cheia. Uma animação deixa bem clara para o usuário que o aplicativo na verdade foi para uma outra dimensão horizontal do sistema. E ao fazer um gesto deslizando da direita para a esquerda (ou da esquerda direita para a direita) no Magic Mouse ou no trackpad, o usuário ou volta para o desktop do Mac ou navega entre os apps que estão em tela cheia. É tão simples quanto passar as telas de aplicativos do iPhone. O gesto usado pelo usuário é, aliás, o mesmo. Já ouvi relatos de usuários de usuários de Macs que aprenderam a manusear o recurso da primeira vez que usaram, enquanto usuários de Windows não entendem como funciona o modo de tela cheia do sistema operacional.

Claro que, não se limitando ao gerenciamento de janelas do sistema operacional – que foi minha ênfase nesta matéria –, a Microsoft deve trazer outras mudanças notáveis e também muitíssimo bem-vindas. O Windows se apresenta, a cada atualização, mais estável. A provável tendência é que o sistema operacional se mantenha rápido e traga novos recursos (ainda misteriosos) que facilitem o dia-a-dia dos usuários. Aguardemos. Estão ansiosos?

via.