iPod School

WhatsApp agora faz ligações, mas o iPhone ainda não recebe o recurso

André BazagliaAndré Bazaglia

Talvez o CEO do WhatsApp não goste do iOS e deva continuar a promover sua política anti-Apple. Parece uma boa ideia se a intenção é perder usuários da plataforma da maçã mordida. Ou talvez ele devesse comandar sua equipe de programadores e capacitá-la para implementar recursos maravilhosos no seu mensageiro de mensagens instantâneas ao invés de caminhar para o lado oposto.

No meio do ano passado, em meio a apresentação do iOS 8, Jan Koum, CEO do WhatsApp — e diretor do Facebook, empresa que possui o WhatsApp desde 2014 –, declarou em seu Twitter: “Estou muito lisonjeado por ver a Apple vários recursos do WhatsApp e implementá-los no iMessage do iOS 8“. Em outras oportunidades, Jan também abusou da ironia para declarar, em nome do WhatsApp, sua total negligência com o iOS. Em junho de 2013, ele tuítou: “Versões do WhatsApp para Android lançadas neste ano: 13. Versões do WhatsApp para iOS lançados neste ano: 0″. É lamentável ver o CEO de uma grande empresa deixar de lado o brilhantismo e a inspiração para criar produtos incríveis ao assumir um fanatismo desnecessário. Tenho certeza que a melhor maneira de concorrer com o iMessage é superá-lo, não desistir e partir para as ironias no Twitter. Enfim, depois de deixar o iPhone de fora do WhatsApp Web por um motivo banal, o WhatsApp introduz um recurso de ligações. O iOS, mais uma vez, fica de fora.

A usabilidade das chamadas de voz é bastante simples: há um atalho para ligação no app. Uma barra verde sinaliza que a chamada está sendo feita pelo WhatsApp, e não pela rede tradicional da operadora de celular. Existem atalhos inferiores para direcionar a saída de áudio para o auto falante (modo viva-voz), abrir o chat mesmo dentro de uma chamada e tornar o microfone mudo. Não existe, pelo menos nesta primeira versão, a possibilidade de realizar chamadas em grupo.

O recurso já estava disponível de forma limitada para alguns usuários do WhatsApp, como uma liberação gradual. A partir de hoje, no entanto, parece que a novidade caminha para se tornar pública a qualquer usuário que cumpra os dois requisitos abaixo:

 

O botão de ligar estará disponível em todos os contatos que também possuem WhatsApp, e foi bem posicionado: na barra superior do chat, ao lado direito do ícone do clips que permite o envio de anexos. Ao tentar ligar para um usuário que ainda tenha uma versão antiga do WhatsApp, um aviso será exibido, e informará que o contato precisa atualizar a versão do seu app.

No momento de publicação desta matéria, o WhatsApp está na versão 2.11.536 no whatsapp.com, e usuários que usam o Android e desejam testar as chamadas por voz precisam baixar o app através do site, já que a versão na Google Play é um pouco mais antiga. Se você possui um Android e não conseguiu usar o recurso, mesmo rodando uma versão mais recente do app, experimente pedir para algum amigo que já tenha recebido tentar te ligar: de acordo com relatos espalhados pela internet, receber uma ligação de alguém que já tenha obtido o recurso funciona como um “convite automático”.

Em uma visão um pouco mais esperançosa, é possível que o WhatsApp lance o recurso que possibilita ligações por voz simultaneamente para o iOS e Android através de suas respectivas lojas virtuais. Afinal, ainda é cedo para condenar o WhatsApp: a versão para Android disponibilizada através do site oficial, fora da Google Play, é encarada por muitos usuários como beta.

Programador, blogueiro, estudante de Engenharia de Computação. Em busca de deixar sua marquinha no universo.

  • juhnior

    Pra quem é líder de mercado com vários outros apps fazendo de tudo pra roubar o primeiro lugar, o CEO não parece muito preocupado. Eu prefiro muito mais o Telegram. Estou louco pra ver o WhatsApp ter seu reinado tomado.

    • Jack Anao_Tequila

      So uso o telegram, meus amigos que se virem!