Press "Enter" to skip to content

Você acha que a bateria do seu iPhone dura pouco? Saiba que isto mudará

Qualquer um que já estudou um pouco de Química, mesmo que não tenha se aprofundado no assunto, sabe como funcionam os circuitos de pilhas – e baterias – nos celulares. Tudo ocorre por processos de Redução e Oxidação. Tudo bem, tudo bem, não quero dar aula de Química aqui, apesar do “School” no nome do Blog, falamos apenas de coisas legais por aqui. 😛

A Apple pode estar estudando o início de mais uma revolução. De acordo com uma patente depositada pela Apple na última semana, divulgada pelo PatentlyApple no dia 22, a empresa está pesquisando e aprendendo sobre a conversão de hidrogênio ou hidrocarboneto em energia elétrica.


Você entendeu alguma coisa? Se arrisca a explicar como funciona a tecnologia nos comentários?

A grande vantagem que este novo sistema de bateria traria é que as baterias com as mesmas durações das atuais seriam muito mais compactas. Sendo assim, se a Apple desenvolvesse uma bateria com esta tecnologia de conversão de hidrogênio em energia elétrica do mesmo tamanho de uma bateria atual do iPhone, ela teria um potencial de carga muito maior do que as baterias atuais. Se a ideia for pra frente – e provavelmente irá -, a Apple estará inovando mais uma vez, e é provável que a concorrência também desenvolva a mesma tecnologia em seus próprios smartphones e computadores portáteis.

O que vocês acabaram de ler aqui, meus amigos, pode ser o futuro da bateria dos novos smartphones, tablets e computadores portáteis. Ser forçado a recarregar o smartphone toda noite antes de dormir será algo ultrapassado daqui a alguns anos.

Se você se interessou e quer se aprofundar neste assunto, clique aqui (página em inglês).