Press "Enter" to skip to content

Vídeo: desempenho do Fusion Drive

Não nego: o hardware das máquinas apresentadas na última keynote da Apple deve ser considerado um grande avanço. A Apple seguiu seu padrão de mercado ao oferecer produtos com inovação de design, mais finos, mais leves e com um hardware melhor com uma diferença de preço inexistente ou mínima em relação à geração anterior. Enquanto o grande foco em hardware de novas máquinas quase sempre restringem-se à características de processador, memória RAM e placas de vídeo, a Apple mostrou que tal análise que deve ser feita não é bem por aí ao apresentar algo completamente novo no modelo de armazenamento de dados. 

Teoricamente, o Fusion Drive foi uma das melhores ideias da Maçã mordida dentre as principais novidades da sua linha de computadores nos últimos tempos. Unir a velocidade do armazenamento em flash com a enorme capacidade do armezenamento em HDD proporciona ao computador o melhor dos dois lados. Exemplificando, na prática: você compra um iMac com o Fusion Drive, seu computador interpreta o que você usa mais e grava esse tipo de conteúdo no flash. E o que você usa menos, fica armazenado no HDD comum. Ideia sensacional, adorei. Ponto positivo para a Apple!

Entretanto, será que a mágica que acontece na teoria também ocorre na prática? É o que o vídeo a seguir tenta mostrar:

Resultados impressionantes! O tempo de boot do sistema é praticamente duas vezes (!) menor com o uso do Fusion Drive em relação a um HDD comum, e o desempenho em tarefas gerais realizadas pela máquina pode triplicar ou quadruplicar.