iPod School

Viber atinge 100 milhões de usuários

André BazagliaAndré Bazaglia

thumb-130343-viber-resized

Em 2013, em uma matéria da nossa série de aplicativos de Semana, explicamos: “o Viber é um aplicativo que segue a mesmíssima linha de funcionamento do tão badalado WhatsApp, só que ao contrário do app de ícone verde, prioriza ligações às mensagens de texto, e é gratuito. A inteligência e praticidade do app não poderia ser melhor; ele é desenhado perfeitamente para proporcionar a experiência mais natural possível ao usuário. Num mundo onde há a singularidade telefônica – logicamente, cada pessoa tem um número de celular diferente –, é muito mais legal usar o número de celular como identificador do que uma conta com nome de usuário único (criar contas com usernames e ‘adicionar amigos’ é coisa do passado dentro de um aplicativo com a função de realizar ligações, e deixaria o uso do Viber muito mais limitado). Tendo o número do seu contato salvo no iPhone, você já sabe se ele tem ou não o app Viber instalado no seu smartphone. O processo de cadastro no Viber limita-se a baixar o app, digitar seu número de celular nele e validar o número. Assim, você terá em sua tela, instantaneamente, a lista de seus contatos que também usam o Viber. Simples.”

De lá pra cá, a rede social que propõe chamamas Voip gratuitas só teve seu sucesso expandido. O Viber tem, hoje, 350 milhões de downloads únicos registrados, e 100 milhões de usuários ativos. A taxa de aprovação do app pelos seus usuários é MUITO alta. Isso não significa, no entanto, que o cenário é permanente – muito pelo contrário, ele é efêmero e pode mudar se o Viber não manter sua imagem de app que oferece algo a mais. O Facebook comprou o WhatsApp por 19 bilhões. O WhatsApp tem mais usuários e está prestes a propor ligações, da mesma maneira que o Viber faz.

via TC.

Programador, blogueiro, estudante de Engenharia de Computação. Em busca de deixar sua marquinha no universo.