Press "Enter" to skip to content

Veja os resultados da rede 4G do novo iPad, na prática, nos Estados Unidos

Pelo menos até então, nós não podemos usufruir do uso da rede LTE com o novo iPad aqui no Brasil. Primeiramente, porque o Brasil ainda não possui 4G móvel, e em segundo lugar, certamente as frequências que o novo iPad suporta serão incompatíveis com a utilizada aqui no Brasil – aprofundarei este assunto no final da matéria.

Apesar do 4G ainda ser um sonho dos brasileiros, achei interessante apresentar o potencial da rede à vocês. O vídeo abaixo, disponibilizado no canal do YouTube do iClarified, compara as redes do iPad 1, 2 e 3. Impressione-se com os resultados:

A taxa de download, na rede da AT&T, chega à média de 15,45MB/s. Provavelmente a taxa é maior do que a internet cabeada que você possui em casa oferece. Esta é a realidade da rede LTE que os norte-americanos podem usar nas ruas.

E no Brasil, quando teremos esta rede maravilhosa? O 4G está previsto para 2013, no entanto, a qualidade será inferior à realidade atual dos Estados Unidos exibida no vídeo. O novo iPad suporta as frequências LTE 700MHz e 2.100MHz. Na Europa, as frequências são diferentes, e no Brasil, o padrão provavelmente será de 2.500MHz. O que isto significa? É possível que o 4G do novo iPad não funcione fora dos Estados Unidos (há algumas exceções, mas são poucas). No entando, o 3G poderá continuar sendo utilizado normalmente, a limitação da frequência de ondas limita-se apenas ao LTE.

Como sempre, só nos resta esperar pelas implementações dos projetos de rede 4G aqui no Brasil e por novos novos iPad que permitam o uso do 4G no Brasil, sem problemas de incompatibilidade.