iPod School

Steve Jobs e o Japão, uma relação de amor mútuo

iMarkiMark

Antes de ser fã dos produtos da Firma de Cupertino, confesso que não sabia que Steve Jobs possuia uma grande admiração pela Terra do Sol Nascente.

Até arrisco dizer, muito mais do que admiração, chego a acreditar que era uma relação de amor correspondido, conforme você vai ler e notar, logo mais abaixo:

O site Nippon.com, através do jornalista Hayashi Nobuyuki, produziu uma longa e extensa matéria em inglês, falando a respeito desta relação neste grande artigo, alguns exemplos: Steve Jobs era adepto da prática do Zen-Budismo, era estudante do Zen Soto com o monge Otogawa.

Suas concorridas apresentações nas famosas Keynotes, onde eram apresentados os iProdutos que seriam comercializados a partir daquele momento, sempre apresentavam Steve Jobs com um único figurino.

Camisa preta de gola alta, jeans e tênis, pois saiba que isto foi uma influência da cultura japonesa, curioso? Jobs uma vez indagou um famoso estilista japonês, o porque das fábricas japonesas terem o costume de utilizar uniformes para todos os seus funcionários.

Este estilista respondeu que, após as guerras, principalmente após a segunda guerra mundial, como o Japão estava resnascendo das cinzas, e o povo muito pobre, este foi o meio encontrado para que os funcionários não tivessem gastos extras com roupas.

Falavam também que Jobs era fã da cor preta, porque muitos diziam que ele era ninja em sua vida secreta :P .

Aliás, Otogawa foi um dos conselheiros de Jobs, para a idealização da empresa NeXT, quando Jobs saiu da Apple, isto sem falar que uma vez, Jobs chegou até a pensar em se refugiar do mundo para dedicar-se somente ao Budismo, indo para um templo Soto no Japão.

Steve Jobs também admirava a marca Sony, tanto que uma das mudanças internas presentes na nova geração do iPhone, o iPhone 4S foi a mudança da câmera interna, onde anteriormente era fabricado por outro fornecedor e no iPhone 4S a Sony passou a fornecer estes componentes internos.

Conhecido também por ser fã da culinária japonesa, Jobs que era vegetariano, chegou até a abrir exceção para o consumo de peixe, na forma de sashimi e sushi, onde ele saboreava as delícias de peixe cru com familiares e amigos.

Steve Jobs era visto constantemente no restaurante ao estilo japonês Kaygetsu, no Vale do Silício, Califórnia, Estados Unidos, quando ele soube que este restaurante estava prestes a fechar as portas, Jobs não pensou 2 vezes e ofereceu uma vaga para o chef deste estabelecimento.

Agora os empregados da Firma de Cupertino, podem escolher no menu do restaurante Caffe Mac da Apple em Infinite Loop, os mesmos pratos que Steve Jobs tanto gostava.

Mas como você vai ver a seguir, existem várias opções de cardápio:

Paella do Caffe Mac

Bancada de sorvete do Caffe Macs

 

Steve Jobs foi descrito por Hayashi como o ¨homem que fez o século XXI¨, pode até parecer exagero da parte dele, mas dependendo do ponto de vista, ele tem razão.

Abraços

 

Via: iPod School Japan-Blog do iMark e via: TUAW

Paulistano, mas cearense de coração. Pai de dois filhos, sendo um autista.

  • Lucas Mendes

    Muito interessante! Japão é um país de muitas curiosidades.

  • fagner lemes

    Muito bom.

  • SamuEX

    Olha aí o iMark puxando uma sardinha pros conterraneos!!! rsrs
    Zuera, tb admiro d+ este povo.