Press "Enter" to skip to content

Saurik, desenvolvedor responsável pelo Cydia, já hackeou o Google Glass

glassbroke

Em fevereiro, mostramos para vocês os avanços do projeto Google Glass. Um óculos ligado à tecnologia pretende mudar a maneira como fazemos as coisas no nosso dia-a-dia. “Empresas revolucionárias como a Apple, Microsoft e Google – três gigantes de mercado – tentam sempre nos aproximar de realidades futurísticas. A Apple recentemente (ou nem tanto: 2007) introduziu o iPhone, que revolucionou o mercado de celulares, e posteriormente o iPad, em 2010, que revolucionou o mercado de tablets. A Microsoft, de recentente, tem a inovação do design do Windows 8 e o Microsoft Surface. Já a Google é a proprietária do Android. E também do Orkut, rede social fundada em 2004 que não foi tão forte a ponto de acompanhar os passos largos e acelerados dados pelo brilhante Mark Zuckerberg e seus companheiros do Facebook. Acabou sendo completamente engolida. Marcada pelos fracassados Orkut, Google Wave, Google Health, Google Web Acelerator, Google Search Wiki, Google Audio Labs, Google Viewer, Dodgeball, Jaiku, Google Answers, Google Page Creator e outros serviços da empresa que você provavelmente nunca ouviu falar, mas que foram fracassados, a Google agora tenta provar que pode nos oferecer algo completamente novo que pode mudar nossas vidas de maneira equivalente (ou ainda mais forte) às revoluções criadas pela Apple com o Macintosh, iPod, iPhone e iPad”.

A Google realizou uma competição para escolher os primeiros que teriam a oportunidade de comprar o Google Glass antes de sua venda pública iniciar. O hacker Jay Freeman “Saurik”, conhecido no universo do iOS por manter o Cydia, aplicativo que dá sentido ao jailbreak para nós, usuários, comprou um e não perdeu a chance de explorar seu software e hardware. Ele ainda brinca no Twitter: “#ifihadglass I would jailbreak it and modify the software (obviously). As Google actually sold me one; I did my part“.

O vídeo incorporado abaixo mostra pela primeira o Google Glass de ângulo um pouco diferenciado: antes, víamos apenas conceitos. Dessa vez, tudo o que é feito no vídeo pode ser reproduzido por um proprietário atual dos óculos da Google.

Gostaram?