iPod School

Review: Time Capsule 2013 – Seu roteador definitivo.

joaofmourajoaofmoura

Nosso convidado adquiriu um Time Capsule recentemente e nos conta como funciona o aparelho.

Leonardo faz parte do mundo Apple desde 2008, com seu primeiro iPod touch. Formado em Telecom, trabalha com T.I. e é early adopter nato, testando a fundo novas e empolgantes tecnologias para extrair o máximo de cada uma. Amante dos vídeo games, sempre arranja um minutinho pra perder jogando.

Após longos 2 anos de espera, a Apple lançou, em Junho de 2013, a quinta geração da sua solução de roteador + backup automático embutido: O airport Time Capsule. E esta é a nossa impressão do produto.

Aparência
Com pouco menos de 10cm de comprimento/largura, o time capsule quase não ocupa espaço na mesa de trabalho, mas impõe respeito: são praticamente 17cm de altura. Uma linda torre branca brilhante – e nada mais, na verdade.

Em comparação, a versão anterior do equipamento possuía 19cm de comprimento/largura e 3,6cm de altura – uma bandeja tomadora de espaço.

Existe apenas um pequeno LED indicativo na parte frontal, verde para o funcionamento correto e que muda de cor para âmbar e pode piscar, dependendo do erro que apresentar.

Na parte traseira, três portas LAN Gigabit Ethernet para conexão via cabo, uma USB 2 para conexão de HDD Externo e Impressora, uma porta WAN para seu modem e a conexão para energia, além do botão de reset.

Tamanho - TC

Configuração

Para configurar o time capsule não poderia ser mais simples: Abra o Utilitário AirPort no Mac ou no iOS e pronto: é só seguir os passos na tela. Nome da rede, senha, rede para convidados e rede de 5GHz, além de configurar o HDD do Time Capsule para backup automático do Time Machine e até mesmo deixar o HDD para uso genérico simultaneamente – sim, como um “mini servidor privado” de 2TB. Tudo ali, sem dificuldades – do jeito Apple.

Para usuários Windows, a configuração também não é complicada: basta baixar o Utilitário AirPort para Windows.

Aliás, o grande diferencial desta versão perante sua versão anterior (de 2011) são suas 6 antenas internas posicionadas verticalmente ao redor do roteador, o que faz com que o sinal seja distribuído uniformemente e sua conexão ultrarrápida e direcionada 802/11ac, que promete velocidades de até 1,3Gbps contra 450Mbps da versão anterior. Vale lembrar também que, para utilizar esta velocidade toda é necessário que tanto o roteador quanto o dispositivo (notebook, smartphone ou tablet) possuam a tecnologia 802/11ac.

Mas não se desespere: Ela é retrocompatível com as tecnologias a/b/g/n, portanto mesmo que seu dispositivo não usufrua da bela velocidade disponível no time capsule, ele ainda poderá ser conectado utilizando uma das tecnologias anteriores.

A única frustração que experimentamos foi para configurar o acesso remoto ao disco do Time Capsule. Explico: É possível, a partir do recurso Back To My Mac, acessar o HDD do Time Capsule a partir de qualquer rede de internet do planeta – até mesmo a partir da rede celular. Infelizmente isso nos requereu um pouco mais de conhecimento técnico, mas não por parte do Time Capsule, mas sim do modem do nosso provedor de internet, que possui algumas portas bloqueadas para acesso externo. Com isso resolvido, foi possível acessar o enorme HDD de 2TB do time capsule!

Testes

Velocidade
Copiamos um filme em HD 720p para o HDD interno do time capsule e, utilizando um iPhone 6 (que também possui conexão 802/11ac), o reproduzimos. E nos espantamos. A velocidade da novo time capsule se compara como se estivéssemos reproduzindo um video localmente no iPhone. A reprodução se fez em tempo real, sem travamentos ou carregamentos.

Claro que, em casos de streaming via internet, tudo muda de figura. O que vale é a sua velocidade de conexão, e não a velocidade do time capsule.

Distância
Em um teste de distância não clínico, pudemos nos maravilhar com o alcance do sinal. Em um teste com um obstáculo de concreto, pudemos acessar a rede a partir de 60 metros de distância. Em um condomínio de apartamentos, isso significa que você pode ficar no salão de festas (ou na piscina, porque não?) e continuar acessando sua rede interna e sua internet tranquilamente.

Conclusão

O novo AirPort Time Capsule é um roteador com excelente força de sinal e velocidade, com tecnologia de ponta que ainda está chegando ao mercado, fazendo com que o roteador dure por vários anos antes de precisar ser substituído. É também um servidor particular quando se está na mesma rede e uma nuvem particular de 2TB quando se está longe, além de uma ótima forma de se fazer backup sem ter de se preocupar em fazê-lo, o que faz valer o alto preço pedido pela Apple.

Compre o AirPort Time Capsule e tenha seu backup em dia.

time_machine_image_2x-1

  • Maganeses

    Tinha dúvida em relação ao alcance! Ótimo post! Já encomendei o meu!

    • Leonardo Aguila

      Hahaha foi apenas um teste prático, nada “controlado em laboratório”.
      Obrigado pela confiança, Maganeses! Não se arrependerá!

  • Cordebello

    Cara! COMO CONFIGURAR O ACESSO REMOTO DA TIME CAPSULE???? TROCO 1000 compartilhamentos por um tutorial de configuracao de acesso remoto!! GRATO!

    • Leonardo Aguila

      E aí, meu amigo!

      Cada caso é um caso, mas no meu caso, precisei abrir algumas portas do modem. Ele não permitia o acesso externo ao TC. As portas pra liberar no modem são as TCP 5354 e UDP 4500 e 5353. Espero ter ajudado!

  • May

    Depois que virou escritor o JF esqueceu das amizades .. Deus tão vendo rim migs

  • JanjaBoy

    Acabou o iPod School?

  • Carlos Santiago

    O blog não publica mais nada?

  • Rodrigo Guimarães

    Excelente escritor, parabéns ao Leo Aquila.