iPod School

[Review] Sacred Odyssey: Rise of Ayden

Alex CazarotiAlex Cazaroti

Sacred Odyssey é mais um dos games inspirados em séries famosas da Gameloft. Dessa vez ela tenta imitar a famosa série Zelda,trazendo um guerreiro que deve salvar não somente uma princesa, mas o mundo também. Confira agora se o game vale o seu dinheiro e tempo.


Em Sacred Odyssey, você controla Ayden, um jovem guerreiro que mora numa fazenda com seu tio. Um belo dia, ele salva uma princesa em apuros e então realiza um pequeno favor a ela. Quando retorna à fazenda, ele encontra tudo destruído em chamas pelos Orcs. Então ele descobre que é o Buscador do Grail, e que deve recolher as 5 partes do Grail para restaurar a paz.

Durante sua jornada, você contará com diversas missões principais que dão continuidade a história, e missões paralelas que prolongam a jornada. Você tem total liberdade para explorar o cenário, podendo voltar a lugares já visitados. Para facilitar as longas caminhadas, você pode usar seu cavalo, ou uma espécie de barco voador para avançar com maior rapidez.

Você possui 4 armas distintas, sendo que cada uma possui uma habilidade especial: a espada e o escudo; uma luva super forte que permite arrastar objetos; um pequeno bumerangue que pode acertar 2 inimigos/objetos ao mesmo tempo e uma espécie de cobra que serve para se agarrar em pontos específicos. As batalhas são simples mas o combate é muito bem feito, com exceção dos inimigos serem um pouco repetitivos.

Durante sua jornada você passará por diversos lugares, e terá de resolver diversos enigmas, que usam a física e um pouco de raciocínio também. O game sempre procura dar dicas de como proceder, e nesse caso, a inclusão do idioma Português do Brasil facilita bastante a compreensão da história. Para se ter uma idéia, em um templo você precisará mover espelhos para fazer com que um feixe de luz chegue a determinado ponto. Outra adição bem interessante são os chefes. Muitas vezes não basta atacar, você deve usar objetos do cenário ou descobrir fraqueza para derrotá-los.

Além disso, você encontra poções espalhadas pelos cenários, vasos que quando destruídos liberam dinheiro e baús secretos que contém relíquias que aumentam o seu poder. A duração do game é muito boa, cerca de 6 horas, e se você decidir vasculhar tudo em busca dos tesouros escondidos e fazer as missões paralelas, pode aumentar ainda mais sua longevidade.

Os gráficos são fabulosos, muito detalhados, coloridos e gigantescos. O nível de detalhes nos personagens impressiona também. Somente em casos onde há muito uso da luz, o framerate parece cair, mas nada que atrapalhe a jogabilidade em si. Em alguns casos será necessário esperar pelo loading do cenário (algo parecido com Prince of Persia Warrior Within), mas que é totalmente aceitável, visto o tamanho do game. O som também agrada,trazendo a atmosfera de fantasia, e até mesmo a dublagem dos personagens está melhor, quando comparado a outros games da Gameloft.

Se você é fã de Zelda e procura uma game de aventura, não há como se decepcionar com Sacred Odyssey: Rise of Ayden. Com gráficos e jogabilidades excelentes, e uma boa história, definitivamente vale o investimento.

Data de postagem: 21 de março de 2011
Versão: 1.0.3
Tamanho: 406 MB

Ex-autor do iPod School

  • Alex

    Então agora tem duas versões na App Store: uma free e a outra paga. Se voce tiver baixado a free, não da mais pra comprar via in App purchase. Então baixe a versão completa novamente.

  • Renan Favero

    Pelo o pouco que joguei o game é muito bom, o único problema é que não consigo habilitar a versão completa nem a $@[email protected];*#