Press "Enter" to skip to content

Review: Magic Mouse, Trackpad e Magic Trackpad

Bom dia pessoal, venho compartilhar uma dúvida que tive recentemente sobre a família Magic da Apple. Tudo começou quando comprei meu primeiro Mac, que como todos sabem, é uma grande mudança para típicos usuários de Windows. No começo, fiquei maravilhado com a funcionalidade do Trackpad, que é o vulgo Touchpad dos MacBooks, mas então me veio uma vontade de comprar o Magic Mouse, mas me perguntava se realmente valera a pena comprá-lo. Pois bem, baseado nessas indagações, venho publicar um review sobre o Trackpad, Magic Trackpad e Magic Mouse.



Trackpad.

Todo MacBook atual vem com o nosso conhecido Trackpad. Muitos novatos estranham a falta de botões, como nos PC’s, e reclamam por ter que apertar a superfície do Trackpad para acionar o click do mouse. Mas o que poucos sabem é que o Trackpad permite uma vasta gama de configurações que podem atender a vários públicos.

O Trackpad identifica até 10 dedos sobre sua superfície, porém a Apple só nos permite o uso de, no máximo, quatro dedos. Então, para começar, vamos ao básico. Lembrando que as funções do Trackpad e Magic Trackpad são as mesmas.

Um dedo:

Podemos configurar o Trackpad para apenas tocarmos sua superfície, assim como em NoteBooks comuns, para acionar itens. Com isso, temos as seguintes funções:

  • Tocar para clicar
  • Dois toques para arrastar
  • Botão direito (toque nos cantos inferiores do Trackpad)

Dois dedos:

Quando desativamos o toque com um dedo, é necessário precionar o Trackpad para clicar em itens, porém apenas tocar para realizar as seguintes ações, que são aplicadas aos dois dedos:

  • Rolar:
    Deslizar dois dedos na horizontal e vertical para fazer a rolagem de páginas e janelas.
  • Girar:
    Com dois dedos separados, faça um circulo com os dedos para girar imagens.
  • Ampliar:
    Separar ou juntar dois dedos para ampliar imagens
  • Zoom da tela:
    Precione a tecla “Control” e deslize dois dedos para cima e para baixo
  • Toque secundário:
    Vulgo “botão direito”, toque dois dedos sobre o Trackpad e precione.

Três dedos:

Você pode opinar por:

  • Navegar:
    Passar imagens deslizando três dedos para esquerda ou direita
  • Arrastar:
    Toque com os três dedos sobre o item que deseja arrastar, e deslize para onde quiser.

Quatro dedos:

  • Mostrar Mesa (Desktop):
    Deslizar quatro dedos para cima
  • Exposé:
    Deslizar quatro dedos para baixo
  • Alternar aplicativos:
    Deslizar quatro dedos para esquerda ou direita

Funcionalidade:

É ótimo utilizar o Trackpad para navegar pela internet, porém tem suas desvantagens, principalmente quanto temos que arrastar itens ao longo da tela, já que atingimos o fim do Trackpad, para isso, podemos utilizar um segundo dedo para continuar arrastando, mas isso gera um certo desconforto e lentidão quanto o assunto é arrastar. Mas sem isso, o Trackpad é perfeito, principalmente para alternar entre as janelas abertas e a Mesa, Exposé e aplicativos abertos.

Sensibilidade:

Nesse quesito não há o que questionar, sua sensibilidade é ótima, pequenos e leves toques são capazes de acionar suas funções, deste modo, tornando mais confortável seu uso.

Personalização:

Além dos toques pré-determinados pela Apple, você pode também adicionar ou modificar alguns gestos, tornando assim o Trackpad mais útil para suas atividades, para isso, utilize o programa BetterTouchTool. Saiba como aqui.

Magic trackpad.

O Magic Trackpad nada mais é que um Trackpad Bluetooth. Sua grande vantagem sobre o Trackpad dos MacBooks é seu tamanho, sendo bem maior que os embutidos nos NoteBooks da Apple, permite maior rapidez nas ações que necessitam de maior movimentação do cursos.

O Magic Trackpad possui perfil bastante fino e um desing agradável aos olhos, sua inclinação se faz perfeita para o uso, impedindo problemas e dores no pulso por conta de longas utilizações. Vem com tecnologia Bluetooth que permite sua utilização a até 10 metros de distância do Mac. Seus gestos são os mesmos do Trackpad, e também pode ser personalizado com o BetterTouchTool.

Uma das suas grandes desvantagens é o fato de não possuir alimentação externa, ou seja, é preciso usar pilhas. Ah! o grande desafio da tecnologia sem fio, sabendo que a evolução das pilhas e baterias vem sendo muito grande, há usuários que não se conformam de estar usando seu Magic Trackpad e suas pilhas simplesmente acabarem. Solução para isso não há, mas podemos amenizar seus efeitos, utilizando baterias oficiais Apple, que são vendidas separadamente.

Magic Mouse.

O Magic Mouse é, na minha opinião, uma das maiores revoluções no mundo dos mouses e touchpads. Unindo funcionalidades do Trackpad e facilidades do Mouse Apple, o Magic Mouse é, resumidamente, mágico.

Funcionalidade:

Infelizmente, o Magic Mouse vem com uma gama MUITO limitada quanto aos gestos, porém com ajuda do BetterTouchTool, ele fica perfeito. Originalmente, são apenas essas as funções:

Sensibilidade:

O Magic Mouse é extremamente sensível, sua área sensível se estende da ponta do mouse até o inicio da logo marca da Apple, ou seja, muito grande. Isso permite rolagens de páginas continuas, gerando assim maior comodidade para realizar ações envolvendo rolagem de páginas. Quanto ao mouse em si, quando instalei, senti uma baixa velocidade de rastreamento (movimentação do cursor), mas configurei em ajustes e me foi satisfatória.

Personalização:

Esse fator é indispensável para o Magic Mouse, já que suas funções originais são limitadas. Utilizamos o BetterTouchTool para adicionar gestos de até 6 dedos, se seus dedos permitirem 😀

Porém o Magic Mouse também não foge do problema das pilhas, assim como o Magic Trackpad.

Avaliação final

Trackpad:

É muito bom para quem não precisa realizar ações de arrastar e quem já tem costume com o touchpad de PC’s, sua grande vantagem sobre a família Magic, é não precisar trocar pilhas e se preocupar com a carga das mesmas. Mas isso se aplica apenas a MacBooks, é claro.

Magic Trackpad:

Se você tem um iMac, Mac Pro ou Mac mini, que não possui o Trackpad e não tem muito costume com mouses ou simplesmente prefere utilizar um Pad para navegar seu cursor e ter vários atalhos na ponta de seus dedos, comprar o Magic Trackpad pode ser uma boa alternativa, mesmo com utilização de pilhas, seu consumo é tão baixo, que não terá problemas com o mesmo por um bom tempo. O custo do Magic Trackpad é R$270, na Apple Store brasileira.

Magic Mouse:

Se você tem um MacBook ou outro Mac que não tenha um Magic Mouse, pode começar na possibilidade de comprar um, já que sua experiencia é, como o nome já diz, mágica. No caso de MacBooks, existe aquela desvantagem quanto a variedade de atalhos que o Trackpad permite em relação ao Magic Mouse, porém o conforto dele é a facilidade para locomoção de itens torna essa desvantagem quase que dispensável.

A grande questão é: A que vocês está acostumado?
Vale a pena ir até uma loja que venda esses aparelhos e experimentar cada um desses mágicos aparelhos, e ver qual se encaixa melhor nas suas necessidades e gostos. Mas uma coisa é certa, independente de qual você comprar, dificilmente vai se arrepender 😀