Press "Enter" to skip to content

Próximo iPhone: 6, 6c, 6L?

Atual iPhone 5s. A última geração do iPhone até então.
Atual iPhone 5s. A última geração do iPhone até então.

Em 2007, a Apple recriou nossa percepção sobre smartphones ao anunciar o primeiro iPhone. Um smartphone bem simples mas que, apesar de não ser o primeiro do mundo, revolucionou completamente o cenário existente. A Apple transformou os complicados e problemáticos smartphones em algo simples.

Eram poucos aplicativos. Apenas os básicos: mensagens, calendário, fotos, câmera, calculadora, bolsa de valores, mapas, tempo, notas, relógio, telefone, e-mail, Safari e iPod – uma maneira do usuário escutar suas músicas. Apenas dois botões físicos: um superior, para ligar, desligar e hibernar o aparelho, e um botão de início, parar fechar o app aberto e voltar à tela inicial. Dentro de um mercado cheio de opções confusas e difíceis de usar, o sistema operacional fantasticamente lindo e a proposta de uma tela que ocupava o espaço inteiro do smartphone, abandonando os teclados físicos, foram dois fatores que, juntos, conquistaram o mundo. O mercado de smartphones nunca foi o mesmo desde então.

De lá pra cá, aos poucos, o iPhone abriu espaço para concorrentes. A Motorola, antes quase que morta, conquistou o público com o Moto E, Moto G e Moto X. A Google com o Nexus. E a Samsung com sua linha dos vários Galaxy’s. O antes badalado iPhone, que liderava o mercado de smartphones, apesar de se manter em primeiro lugar, abre brechas para antigos usuários migrarem para outras opções que aparentam ser melhores para necessidades diversas. Note que me refiro estritamente ao mercado de smartphones, não ao de celulares! Afinal, o número de usuários que compram iPhones aumenta a cada nova geração. O que não aumenta é a taxa {[usuários de iPhone]/[usuários de smartphones]}, que representa a capacidade da Apple de conquistar seu público alvo.

A chance da Apple de reverter o cenário.

A grande peça-chave da Samsung – que deu certo – foi oferecer produtos diferentes para públicos-alvo diferentes. Os outros sistemas operacionais móveis, por mais que sejam, algumas vezes, bastantes funcionais, são péssimos quando comparados ao iOS, que, apesar de ser restrito em alguns pontos, está muito a frente em quase todos os aspectos que considerarmos, desde design até praticidade. Okay, mas… Se as outras opções [além do iPhone] não são tão boas, por que o smartphone da Apple ultimamente perde tanto espaço no mercado?

O ponto é que queremos algo que seja a nossa cara. A Samsung faz isso ao lançar vários modelos de smartphone por ano. Aliás, a única maneira de uma empresa garantir o agrado pelo maior número de pessoas possível é oferecendo a elas mais opções. A Apple já deu um excelente primeiro passo no ano passado, ao anunciar, simultaneamente, dois iPhones pela primeira vez na história: os iPhones 5s e 5c. O 5s, mais potente, se apresentava como opção para um público alvo que buscava um celular top de linha. O 5c é o modelo do iPhone que tem uma aparência mais jovem, apesar de não necessariamente se destinar a este público. Tem como seu material predominante o plástico, que se destaca pelo aspecto resistência. Legal, um iPhone mais caro e mais potente em hardware, com materiais mais nobres, e outro, com material de plástico e hardware um pouco inferior, mais barato. Mas ainda falta algo. Que tal mais opções de tamanho?

Mais opções.

É possível – e provável – que tenhamos as tão mais queridas duas opções de tela. Eu, particularmente, aposto em três modelos do próximo iPhone. Algo equivalente a 6, 6c6L: um com as mesmas dimensões do atual 5s (4″), outro com a tela de 4,7″ e um último de 5,5″. O modelo de 4.7 polegadas teria uma tela com resolução de 828 x 1472, totalizando 359ppi (pixels por polegada). A tela maior, de 5.5 polegadas, teria uma resolução 960 x 1704, totalizando 307ppi – uma densidade de pixels por polegada menor, mas nada de muito grave. A resolução continuaria excelente, e a tela grande o suficiente para os que desejam um espaço maior.

iPhone-6-2 iPhone-6-3 iPhone-6 iphone-6l

As imagens acima são vazamentos.Torna-se difícil palpitar o tamanho da tela das três primeiras, mas a última, segundo fontes, é a tela do iPhone de 5,5 polegadas.

Leia mais sobre…

A lista a seguir expõe matérias antigas sobre o próximo iPhone publicadas no blog. Se você se interessar, navegue entre os rumores e saiba o que esperar daqui no evento do mês que vem: “Totalmente reversível: ponta USB do cabo Lightning também será reversível“, “iPhone 6: vazam imagens da suposta futura geração do smartphone da Apple“, “Mais testes: só um carro é capaz de quebrar a suposta tela do iPhone 6“, “Tela de 4,6″ do iPhone 6 pode inovar em resistência“, “Suposta parte traseira de iPhone 6 é divulgada por site australiano“, “A reação das pessoas em Nova York ao verem um mockup do iPhone 6“, “Imagem: comparando todos os iPhones com o suposto iPhone 6“, “Rumores convergem: mais imagens do suposto iPhone 6, agora na cor cinza espacial“, “Vídeo: a versão “dummy” do iPhone 6“, “Imagens do iPhone 6 com a tela maior vazam na web” e “Sonny Dickson revela possíveis detalhes do iPhone 6”.

O que você acha?

Sinta-se convidado para compartilhar suas opiniões com a gente por meio dos comentários.