Press "Enter" to skip to content

Programa trade-in para o iPhone é lançado. Saiba como ele funciona

iphone-trade-in

No começo da semana, levantamos um rumor que tornou-se real na matéria intitulada “Apple planeja lançar programa de trade-in“. Hoje, temos mais verdades concretas sobre o programa recém-implementado nas Apple Stores norte-americanas.

Um tweet publicado ontem na conta oficial do CNBC, um canal de assinatura dedicado a notícias super popular em territórios norte-americanos, antecipou o que de fato aconteceu: a Apple deu início ao programa trade-in. Um porta-voz da gigante maçã mordida explica:

iPhones têm um grande valor. Sendo assim, as Apple Retail Stores lançam um novo programa para ajudar consumidores, que podem agora trazer seus iPhones de gerações anteriores para reuso e reciclagem.

Entregando um iPhone de geração antiga numa Apple Retail Store, o consumidor ganha desconto na compra do iPhone de geração atual. O problema é que o o aparelho deve sair da loja com contrato com alguma operadora. Mesmo se você levar um iPhone desbloqueado para obter o desconto, terá que escolher um novo iPhone bloqueado e com contrato com alguma operadora local. Isso invibializa a participação do programa para brasileiros que estão viajando, limitando-o apenas para os que moram em terras norte-americanas.

Evolução muito rápida da tecnologia? Obsolescência programada? Seja lá qual seja o real motivo que nos leva a cobiçar novos gadgets num intervalo de tempo cada vez menor, a proposta trade-in pode se adequar perfeitamente a muitos perfis de consumidores norte-americanos. Para nós, brasileiros, o programa ainda não tem relevância alguma.