Press "Enter" to skip to content

Primeiro grande passo para trás na pirataria do iOS

Hoje é um dia marcante. A comunidade suja do iOS dá um grande passo para trás no momento que a Hackulous, equipe de crackers responsável pela sustentação da pirataria do iPhone inteira ao oferecer de forma simples e gratuita de instalar aplicativos crackeados no iOS, anuncia o fim de seus serviços. Morrem o Installous e o AppSync, junto com todas outras ferramentas que abriam as portas à pirataria disponibilizadas no repositório do Hackulo no Cydia. Uau, mas o que aconteceu?

Antes de mais nada, é importantíssimo que a distinção entre instalação de aplicativos não-oficiais e aplicativos crackeados seja feita da maneira correta. SBSettings, Winterboard, Activator, Auxo, Barrel e Zephyr são exemplos de aplicativos não-oficiais, sempre disponibilizados através do Cydia. Denominamos eles assim porque o tipo de conteúdo oferecido por esses aplicativos envolvem modificações no iOS que não são aprovadas pela Apple. No entanto, esse tipo conteúdo oferecido através do Cydia é juridicamente legal, e não chegará ao fim tão cedo; o que acabou de tomar um grande golpe foi a comunidade de aplicativos crackeados. Aplicativos crackeados são, na maioria das vezes, aplicativos disponíveis na App Store que têm custo diferente de zero (de $0.99 para cima) e que são disponibilizados gratuitamente de maneiras alternativas. Como toda pirataria, o uso de aplicativos da App Store crackeados é crime, e embora deixar de pagar por aplicativos que na maioria das vezes custa apenas um dólar parece uma ideia absurda, a pirataria é muito forte nas terras tupiniquins.

Paralelamente à grandiosidade do acontecimendo de hoje, além de simplesmente remover seus serviços do ar, a Hackulous faz com os usuários que já possuíam o Installous baixado anteriormente também sintam com o encerramento dos seus serviços: mesmo para os que já o têm há muito tempo, o aplicativo se encerra automaticamente assim que é aberto.

Mesmo que temporariamente a Hackulos tenha acabado por completo – provavelmente por pressão externa –, é evidente que novas ferramentas que possibilitam a pirataria serão desenvolvidas, e novas comunidades de compartilhamento de material pirata sejam criadas. Ainda assim, foi um grande primeiro passo para o fim da pirataria em massa no iOS. Espero que, a partir de hoje, ela pelo menos diminua. 😉