iPod School

Os Nerds nasceram e morreram pelas mãos de Steve Jobs

Lucas FonteneleLucas Fontenele

Poucos sabem, mas Steve Jobs é brilhante desde a infância, aos 12 anos já tentava montar circuitos e desvendar os segredos da eletrônica e os meandros da tecnologia. Foi ele, que descaradamente na infância, com boa vontade e uma lista telefônica, ligou para Bill Hewlett (dono da HP) e logo conseguiu algumas peças que precisava para construir seu próprio circuito em casa (o ano era 1967).

 

Steve Jobs, criou e matou a cultura Nerd

Daquele dia em diante, Jobs estava marcado a ser o homem brilhante dos dias atuais. Mais tarde encontrou sua cara-metade: Steve Wozniack; foram eles que criaram um aparelho, que na época, enganava os computadores das companhias telefônicas e fazia ligações de graça para qualquer parte (Até o papa recebeu uma ligação dos dois!).

Foi nesse cenário que os dois tiveram contato com o Altair 8800, uma supercalculadora vendida em forma de kit para montar – o primeiro computador pessoal da história. Encantados com o que viram os dois resolveram fazer uma versão própria e ganhar dinheiro com aquilo, desenvolveram então, em meados de 1976, o Apple I (que era um conjunto de circuitos ‘nus’, vendido em forma de kit e de preço nada sugestivo US$666,66).

Enquanto na Califórnia os dois amigos iam construindo, no Novo México outro fã – Bill Gates – dessas máquinas abria sua própria empresa: a Microsoft. Diferente dos outros este nunca construiria sua própria máquina, ficaria só nos softwares.

No final dos anos 1980 a coisa engrenou, Jobs, que não esperou nem um ano para lançar o Apple II – dessa vez um computador completo – se viu a frente de um tempo em que todos queriam um computador, todos queriam um e eles estavam em todo lugar. Assim nascia a cultura Nerd. Ser muito inteligente e dedicar horas e horas para o trabalho e estudo viraram a febre do momento – é tanto que Jobs e Gates tornaram-se magnatas antes dos 30 anos.

Até o cinema da época refletia o momento como em: Jogos de Guerra (1983) e Mulher Nota 1000 (1985), a cultura Nerd estava em alta e todos acreditavam que um deles poderia mudar o mundo com aquelas máquinas de 1 MHz e 4 K de RAM. Siglas como essa começaram a fazer parte do dia-a-dia; operar um Apple II ou um IBM PC era algo que exigia tempo e estudo, mas todo mundo estava satisfeito com aquilo, todos queriam saber como elas operavam e como operá-las e quanto mais você sabia delas mais elas poderiam fazer por você. Aqueles realmente eram tempos Nerd’s.

Hoje a cultura Nerd está morta, o assassino? Steve Jobs. Sim, ele mesmo, que em 1984/85 lançou o Macintosh, o primeiro computador que qualquer criança saberia utilizar, mas até aí a cultura Nerd ainda sobrevivia: memória RAM, processadores, velocidades, chip’s, tudo isso ainda era assunto nas mesas de bar até meados dos anos 2000. Agora e de alguns anos pra cá, acabou, morreu; você tem ideia qual memória RAM do seu super celular? Qual chip ele usa? Processador, velocidade, clock? Pouca gente sabe e se importa. Passe 1 hora em uma loja de informática e veja o quanto de gente compra algo que nem sabe o que tá comprando. Nós não temos como trocar memórias nem processadores de iPhones e iPads para que eles fiquem mais rápidos, ter destreza e saber como aquilo funciona, também não importa muito, ter um e trocá-los a cada ano passou a ser a nerdice mais e ao mesmo tempo menos, necessária. Essa revolução com certeza irá durar para sempre.

Matéria Base: Editora Abril – Super Interessante

  • ChubbyCSI

    eu sei oq eu compro, monto meu proprio pc e tal… problem? 15 anos btw lool wut

    • Lucas Fontenele

      Que bom, continue assim, mas você não é a maioria.

      • Adriano

        Algumas vez os "nerds" foram maioria?

  • montar computador hj em dia e mais facil que montar lego, e ler a embalagem pra saber o que tm dentro e facil btw…

  • JanjaBoy

    Lucas, de onde você tirou essa aptidão do Steve Jobs por eletrônica?

    É a primeira vez que leio que ele sabe alguma coisa que não seja design.

    Não boto fé que ele tendo o menor conhecimento em eletrônica pediria para os engenheiros da Apple fazerem uma placa "bonita". Os engenheiros falaram que não funcionaria e mesmo assim o tio Jobs mandou fazer e jogou no lixo US$7000000.00 (sete milhões de dólares).

    Então, acho difícil que ele tenha essa aptidão por eletrônica.

    • Lucas Fontenele

      Jobs na infância tinha muito interesse por frequenciômetros, osciloscópios e circuitos integrados, montou o primeiro Apple I e deu origem ao Apple II, claro que ele pessoalmente não deve ter levado isso a fundo, pois conheceu alguém muito mais apaixonado, o Wozniack. Se tem aptidão ou não como um técnico ou engenheiro não posso afirmar, agora o resto, é fato.

      • JanjaBoy

        Não, Jobs não montou o Apple I. Quem montou foi o outro Steve.

        E quase que não vira porque ele tinha um contrato com a HP que tudo que ele criasse teria que primeiro mostrar para o pessoal da HP, se a HP não tivesse enteresse, aí sim, ele poderia fazer qualquer coisa.

        Continuo duvidando da habilidade do Jobs com eletrônica. Steve wozniak esse sim foi quem fez o Apple I

  • Vanderson

    Ótima matéria, parabéns! Uma realidade.

    • Lucas Fontenele

      Obrigado, acompanhe-nos sempre.

  • Guilherme

    Jobs é o cara! Não é por nada e muito menos por pacto que ele é o que é hoje. Infelizmente uma doença das mais graves o afeta. Mas seu legado é e será eterno.

  • Desculpe, mas eu assino a revista Super Interessante e na edição desse mês tem uma matéria EXATAMENTE IGUAL, mesmo título e tudo.

    Coincidência?

    • Lucas Fontenele

      Conhece o termo "empacotamento" do Jornalismo? É isso, o Blog é uma reunião de informações pessoais, interessantes e de grandes editoriais. O objetivo é manter os leitores por dentro.

      • Molx

        Podia ter colocado uma referência se você baseou seu texto lá, né? É feio roubar crédito dos outros… Sobre a matéria, bem legal =)

        • Adriano

          #applefeelings

  • Pra que não conhece esse lado do Steve Jobs e Bill Gates, recomendo o filme Pirates of Silicon Valley (www.imdb.com/title/tt0168122/).
    Tem muito sobre eles nessa história!

    • Lucas Fontenele

      Opa, já ouvi falar, mas ainda não tive tempo pra ver, esse link aí é pra baixá-lo?

      Boa dica heim.

      • O link é para as informações sobre filme, no site do IMDb.

        Link para baixar o filme seria pirataria, mas é fácil de encontrar o mesmo por ai, em torrent 😉

        • Adriano

          Ou seja, pirataria.

  • Lucas Fontenele

    Aos desconhecedores: "empacotamento de notícias surgiu junto a internet. O jornalismo no contexto da web se tornou instantâneo, assim a notícia é empacotada por inúmeros meios de comunicação que não puderam fazer o furo da notícia ou não teve a ideia de escrevê-la primeiro…" É totalmente irrelevante por créditos nesse tipo de notícia, mas, pra variar, tem gente que fala sem saber.

    • Caio

      Mas você deveria ter colocado a nota de rodapé assim que postou a matéria, não depois que alguém percebeu, afinal, a ideia original do texto não foi sua.

  • Pode chamar como quiser mas pra 99% das pessoas isto se chama plágio, podia mesmo ter colocado um crédito.

  • Guilherme

    Infelizmente alguns leitores tentam ajudar, mas acabam atrapalhando. Lucas Fontenele é uma pessoa ligado nas principais notícias e muito atencioso em todas as revistas. Ele tem um imenso trabalho de passar toda a informação, dando a sua visão e aindam o acusam de plágio? Me desculpem mas é muito injusto acusá-lo disso. Como ele mesmo já disse, é um "empacotamento". Mas só o fato de ele dar uma "leitura diferente" ao que já foi escrito já não é mais plágio.

    Daqui a pouco teremos que dar referencia de qual dicionário estamos usando para escrever qualquer palavra. (Via Aurélio)

    • Adriano

      Metáfora totalmente desproporcional.

  • Eita galera que gosta de criar uma polêmica hein, hehe. O Lucas já adicionou a matéria que lhe deu a ideia para escrever este texto, e é isso que importa. 😉

    Vamos usar nosso tempo pensando sobre as possíveis novidades do iPhone 5, que será apresentado amanhã. 🙂

  • Pablo

    O que importa pra muitos aqui é causar polemica! Não importa se a matéria tem conteúdo ou não. Troll vai ser sempre Troll. Parabéns pela divulgação da matéria.

  • Lucas Fontenele

    Aceito sempre críticas e não vou parar de noticiar por isso, o objetivo do texto era outro, mas aceito as críticas, obrigado a todos que leram e que lerão! Acompanhem sempre o iPodSchool a sua escola do iMundo =D

  • Pedro Vasconcellos

    Muito legal a matéria, mas realmente Jobs só sabe o básico, básico da eletrônica. Steve Wozniak que fez a caixa dos telefonemas, fez sozinho o Apple I e o Apple II. Steve Jobs foi o líder da parte de vendas, design e operacional e Woz com a parte de montar os computadores. Quem quiser saber mais recomento: A cabeça de Steve Jobs e iWoz. Livros ótimos! Piratas do Vale do Sílicio é muito bom, mas fere um pouco esta realidade. Recomendo.

    • JanjaBoy

      Então, parece que só você e eu é que sabemos da verdadeira história!

      Steve Jobs é um ZERO a esquerda em eletrônica. O cara é o cara da distorção do campo da realidade que isso faz dele um PUTA vendedor. E desenho é o cara quem dá o último apito.

      • Lucas Fontenele

        Também acho, mas o cara se esforçou, sorte dele que achou Wozniack pelo caminho, hehe bons comentários, abraços!

        • JanjaBoy

          Ele é muito competente não precisa "se esforçar".

          Na matéria diz que ele "mexia" com eletrônica e que fez o Apple I.

          Isso não é verdade.

          Steve é tão bom vendedor dele que até como técnico/engenheiro de/em eletrônica estã colocando ele.

          Realmente o mito está aí. Os segos, opa! seguidores vão acreditar que foi ele quem fez TUDO na Apple. Tem gente que já acha que ele fez até o OSX.

          E é assim mesmo que nascem os mitos. josef campbell que diga…..

  • Rafael

    Matéria muito boa, só faltou mencionar os créditos, pois a mesma foi publicada na ultima edição da revista Super Interessante.

    • Caio

      Já mencionaram, no final

  • Eder

    Tinha dúvidas de como o Jobs se tornou tão famoso, não sabia se era na eletrônica ou na informatica (programação) eu participei dessa época em 1979 fazia eletrônica e tinha bastante contato com circuitos flip-flop portas NAND, AND OR etc conhecia bastante consegui montar com o pessoal do colégio um pequeno circuito que fazia calculos rudimentares como soma e subtração mas já era algo fantático pois nós que fizemos isso era o bicho. Na epoca só se falava de COBOL, BASIC, FORTRAN, ou seja muita gente conhecia de eletronica, mas GENIALIDADE para fazer aquela confusão virar algo que desse dinheiro só um existiu que foi o JOBS, ele fez o PC que antes só uma empresa poderia ter, parar dentro da nossa casa. Considero o WOZ o verdadeiro criador do computador mas o JOBS foi o criador da necessidade de usar o computador. Genio como ele são poucos. Que possamos nesse momento rezar pelo seu espirito, com certeza o céu vai ficar diferente com a chegada dele.

    Quanto a reportagem parabens, você transformou um texto morto da revista em uma coisa viva e dinamica onde todos podem comentar ou criticar, isso é cultura é informação.

  • Fabio

    Olá para todos! Fiquem sabendo que existe um esquema muito maior do que vocês imaginam atrás da cortina. Tudo que existe de informação na internet está sendo capturado por todos os governos mais poderosos do mundo para depois usar de forma maligna: No marketing personalizado no facebook, nas buscas do Google, no Siri do IPhone, no Google Glass, no Android. Tudo feito para acumular informação sobre o que vc come, o que vc veste ou seja vc não tem mais privacidade para navegar na web ou usar redes sociais. E não para por aí. Na Europa existe o nanochip que vc implanta na mão. Adivinha pra quê. Pra te controlar. Estamos virando gado para esses verdadeiros Leões que tanto todos idolatram. São verdadeiras ferramentas dos temidos e poucos falados Iluminati. O grupo mais poderoso do mundo que age por detrás da cortina. Pesquisem na internet e acharão a verdadeira história dos Iluminati e as empresas e pessoas que eles controlam. Eles que criaram o verdadeiro monopólio e dominam o mundo todo. Antes mesmo de alguém ler isto, esta informação já chegou neles. Coisa do mal. Pensem nisto. A tecnologia que usamos está sendo criada de maneira que não precisamos pensar para fazer algo, nos tornando preguiçosos e burros. Pensem nisso. Abraço a todos e que Deus nos proteja de toda força maligna que age sobre a terra.