Press "Enter" to skip to content

[Opinião] Saiba qual é o “grande” defeito da 3ª geração do iPad

O novo iPad foi lançado e, realmente, tudo o que foi revelado impressionou. Retina Display e o A5X foi, sem dúvida, o grande destaque. Mesmo assim, muitos ainda reclamam que o design não mudou e que não foi lançada uma versão mini-iPad; mas, para mim, o grande defeito está “resolvido” na imagem abaixo:

128GB no iPad

O que está irreal nessa imagem?

Percebeu qual é o “grande” problema (na minha humilde opinião) do “The new iPad”?

Não pense que a Apple começou a comercializar o iPad com 128GB, essa foi a montagem que eu fiz para realizar um sonho pessoal e para corrigir algo em que eu e a Apple discordamos.

A questão agora é:

  • A Apple implementou a tela de super resolução (2048 x 1536), o que implica em um aumento significativo do tamanho dos aplicativos, ocupando mais espaço do nosso gadget. Além de aplicativos, imagens de alta resolução também ocupam mais espaço.
  • Com a “permissão” de assistir vídeos em alta definição (1080p) – que são, em média, 1GB maiores que os em 720p de acordo com uma pesquisa feitas nos filmes disponíveis no iTunes -, você também está ocupando mais o espaço do seu iPad, que hoje tem se limita, no máximo, a 64GB.
  • Programas de edição de vídeo (iMovie), de fotos (iPhoto e Photoshop), de CAD, GarageBand e muitos outros que ainda serão feitos, também ocuparam mais espaço do seu e do meu iPad.
  • O novo formato dos livros podem alcançar os 4GB cada um, em comparação ao 2MB máximos dos epubs convencionais.
  • [Válido somente para os EUA] Com a tecnologia 4G, que te disponibiliza mais velocidade de conexão, você pode baixar mais arquivos diretamente para o seu iPad. *Essa pode ser uma solução para o problema.

Resumindo:

Já faz anos que tudo progride para o aumento do tamanho dos aplicativos e arquivos de todos os computadores, tablets e smartphones. As concorrentes da Apple possibilitam um cartão de expansão em seus aparelhos; entretanto, a Apple continua disponibilizando no máximo 64GB, ainda que nos atole cada vez mais com grandes arquivos. Então eu classifico esse como o grande erro.

Me colocando como exemplo, tenho mais de 8 filmes originais comprados pela apple store (4GB cada = 32GB), mais ou menos 16Gb de aplicativos, 4GB de livros e 10GB de música & video-clipes (Tenho mais de 90GB de música&clipes, mas tento me virar com os 10GB disponíveis) , somando (32+16+4+10) 64GB.

Eu tenho que me virar administrando o espaço no iTunes, tirando aplicativos, vídeos. Porém, viagens constantes para o interior são meu maior problema. Nelas, a ausência de meu MacBook – com seus 750GB de HD – se torna impossível, uma vez carregando constantemente algo em torno de 130GB de informação.

Apelo:

Apple, por favor, lembre de nós, não custa nada adicionar a opção 128GB em seu iPad, mesmo cobrando mais por isso.

É claro que não vou apontar defeito sem uma solução. Algumas soluções a própria Apple já vem implementando, como o iTunes Match e iCloud, mas aí está a sugestão:

  1. Possibilitar um cartão de memória para a expansão da capacidade nativa.
  2. Possibilitar para o iPad a leitura de vídeos e músicas de um HD externo ou cartão de memória sem a necessidade de Jailbreak.
  3. Essa solução não cabe a Apple, mas sim as nossas operadoras telefônicas: disponibilizar o 4G para as cidades brasileiras, assim o stream fica bem mais fácil, o que faria do armazenamento de filmes e de algumas fotos dispensáveis.

E você meu amigo leitor do iPod School, o que acha?

Se gostou do artigo, não deixe de compartilhar, vocês são a nossa força.