Press "Enter" to skip to content

Opinião: por que e quais lançamentos da Apple devemos esperar em 2013?

Em 1984, a Apple introduziu o Macintosh. O produto mudou o ecossistema inteiro do mercado de computadores. Em 2001, a Apple inovou com o iPod; ele mudou o ecossistema inteiro do mercado de músicas. Em 2007, a Apple lançou o iPhone; ele não só mudou o mercado inteiro de celulares, como também a maneira como nos comunicamos, ao mesmo tempo que tornou a Apple uma empresa muito mais popular. Em 2010, a Apple recriou o conceito de tablet com o iPad. Mas desde então, o que aconteceu?

apple

Cadê a revolução nas gerações do iPhone?

A inovação na Apple sempre existiu. Só não podemos confundir inovação com mágica. Não podemos esperar uma televisão interativa, um relógio inteligente, Macs superpotentes que superem qualquer outro computador do mercado e um iPhone extraordinário sendo lançados simultaneamente. O que a gigante de Cupertino faz é, na medida do possível, melhorar seus produtos ao produzir hardwares cada vez mais potentes em aparelhos cada vez mais finos, leves e com um design lindo. Acreditem, isso é incrível – e é inovação. No entanto, ao mesmo tempo que a Apple se esforça para inovar nesse sentido, empresas como Samsung, Nokia, Motorola, HTC, LG, Microsoft e Sony também trabalham pesado para lançarem produtos que impressionam consumidores. Resultado? Ao invés da Apple revolucionar, ela apenas inova. A empresa, hoje, se prende a atender tendências do mercado – e o iPhone está inclusive para trás da concorrência em vários recursos. Não acredita? Eu lhe provo.

O Xperia Go é resistente à água e poeira, possui uma traseira áspera que faz com que o smartphone não escorregue da mão enquanto molhado e, ao mesmo tempo, tem um design super agradável. O ótimo acabamento acompanha um processador dual-core 1GHz, 512MB de RAM, 8GB de armazenamento interno (4B disponível para o usuário e suporte a MicroSD) e uma câmera traseira de 5 megapixels. O smartphone da Sony sai por 999 reais. A Motorola, com o Defy, também proporciona aos seus consumidores um celular à prova d’água e que aguenta impactos. Até a Samsung, de acordo com rumores recentes, pretende anunciar uma variação do Galaxy S4 resistente à água. O iPhone não é resistente à água, queda ou poeira.

O Motorola ATRIX tem a tecnologia fingerprint scanner. Você pode usar sua digital para desbloquear o celular. O iPhone não tem essa tecnologia – claro, todos sabemos disso.

O Samsung Galaxy S4 tem dois processadores de quatro núcleos, 2GB de RAM, é fino e leve. O iPhone tem apenas um processador de dois núcleos e 1GB de RAM.

Concluímos, portanto, que alguns dos recursos e upgrades de hardware que queremos no iPhone já existem em marcas concorrentes. O trabalho da Apple é melhorá-los e integrá-los no iPhone que conhecemos, sem abrir mão da espessura, do peso ou do design. No tempo certo, a inovação se transformará em revolução. Já aconteceu em 1984, 2001, 2007 e 2010, só não podemos esperar o mesmo para todo ano.

Novos produtos?

Antes de mais nada, devemos levar como verdade quase certa que o próximo iPhone está pronto. Provavelmente, o iOS 7 também está pronto, e um evento ocorrido em 2010 prova isso perfeitamente bem.

iphone-ipad

A imagem acima surgiu na internet em janeiro de 2010, originalmente no Engadget. Claramente, podemos ver o iPad de primeira geração dois meses antes de seu lançamento e o iPhone 4 cinco meses antes de seu lançamento. A Apple se organiza muito bem, poucas empresas conseguem fazer isso, e todas as surpresas que teremos até o final do ano já estão agendadas na cabeça de Tim Cook e mantidas em segredo entre funcionários da Apple. Se as novidades da Apple já estão planejadas, como podemos ter pistas de quais são elas?

Já que inovar em hardware é um pouco difícil e não exige tanta criatividade de uma empresa quanto inovar em software, posso palpitar – e aposto que muitos de vocês concordam – que 2013 é o ano do software. Engenheiros da Apple que testam o iOS 7 nas ruas usam uma película especial para o iPhone que dificulta a visualização do conteúdo da tela do aparelho em ângulos grandes entre o olho e a tela. A atenção que a Apple dá para manter suas novidades mais extraordinárias em segredo sempre é bem delicada, e essa situação indica de maneira bastante concreta que o iOS 7 nos deixará impressionados.

wwdc2013
Só eu achei que o convite da WWDC tem uma cara de: “Trarei algo com um design completamente novo”?

Se você rolou a página e ignorou meu texto inteiro só ler esta última linha e ter as respostas para o questionamento feito no título desta matéria, sinto-lhe informar que não tenho um final feliz para você. Não sei quais – muito menos o porque – lançamentos da Apple devemos esperar para 2013. No entanto, me sinto livre para palpitar que, ao longo do ano, teremos um iPhone e um iPad novo, mas apesar disso, a maior novidade será no software dos aparelhos: o iOS 7. O smartwatch, pelo menos para mim, nos aguardará em 2014. Não sei porque, mas alguma voz me diz que estou certo…

Atualização: fizemos uma análise do convite da WWDC 2013. Talvez, o iWatch chegue em junho sim [leia aqui].