Press "Enter" to skip to content

Opinião do leitor: primeiro beta do iOS 8

Nosso leitor – e meu xará – André Macêdo Filho compartilhou com a gente sua opinião sobre os primeiros dias de sua experiência com o iOS 8. Como o espaço do blog é ideal para um debate, sempre gostamos de ver o lado do leitor – e por que não compartilhá-lo? Abaixo, a matéria escrita pelo André.

MINHA EXPERIÊNCIA COM O iOS 8:

No dia da WWDC, como sempre, fiquei entusiasmado com o anúncio de um novo iOS para meu iGadget. Tenho o costume desde o iOS 4 de usar os BETAs em meus aparelhos, ciente dos bugs que vêm com as primeiras versões que são disponibilizadas.

Sendo amigo de alguns desenvolvedores de minha cidade, não foi difícil registrar o UDID do meu 5s e logo no dia seguinte à WWDC já estava “good to go” para o iOS 8.

Naturalmente qualquer versão BETA do iOS vem cheia bugs, que temos que conviver para poder testar os novos recursos que a Apple implementou, que no caso do iOS 8, podem-se destacar a implementação de palavras (muito) inteligente, o sistema de continuidade entre Mac OS e iOS, iMessage com mais funções, resposta rápida a mensagens, etc.

Também vieram coisas que ninguém estava esperando, como transições mais rápidas, dando a entender que o sistema está mais rápido, mas na verdade ele está igual em desempenho; só foi programado para correr mais.

EXPERIÊNCIA DIVIDIDA:

Mais do que nunca, estamos numa época em que nossos smartphones são nossa fonte de comunicação, seja por WhatsApp, iMessage, Facebook, Snapchat, Instagram e até por mensagem (rs). Tive uma dor de cabeça, ao tentar falar com minha namorada que está em viagem. Meu Whatsapp estava dando crash em grupos e também no chat com ela. Então parti pro iMessage. Cada mensagem enviada, não mostrava o recibo de “enviado” como antes. Cada resposta dela vinha 20-30 minutos depois por mensagens, então desabilitei o iMessage, e até por mensagem o sistema parecia estar congestionado. A solução foi o chat do Facebook.

Fora as questões de comunicação, apps aleatórios apresentavam travamento, como o “Ajustes”. Outro incovênio foi acesso em links pelo Facebook que ficou bastante lento, também pelo Safari.

VOLTANDO AO iOS 7:

tela-inicio-ios8

Ao decidir voltar para o iOS 7, havia algo que eu não estava esperando. As fotos do compartilhamento, os contatos, todos voltaram como antes, mas o iCloud decidiu esquecer TODOS os apps que eu um dia já havia comprado. Ou seja, sabe aqueles apps que você baixa no AppGrátis? De edição de fotos, joguinhos bestas, apps funcionais e até a suite de apps da Apple (iMovie, iPhoto, iWork), TUDO FOI DESAPARECIDO DO MEU REGISTRO.

app-store

RESUMO DA ÓPERA:

Aparentemente, os apps pagos que eu tinha, como iMovie, Phoster, mesmo que não constando como adquirido, ao clicar em comprar e baixa-lo, não sou cobrado mais uma vez pela compra. O problema então é visual, a AppStore não mostra o app como comprado, mas mas ela sabe que eu o adquiri e não cobra pra baixa-lo de novo.
Mesmo assim deixo minha experiência para que outros não tenham tanto aperreio como tive.
Quem estiver se matando como eu estava para ter o novo iOS BETA em mãos, pense duas vezes, ao menos instale em um aparelho secundário, um iPad ou iPod para não perder a principal fonte de comunicação, mas no iPhone NÃO!

Para mim o novo sistema da Apple pode ser considerado mais um iOS 7.5 do que 8, por não ter mudanças bruscas, apenas pequenos (e bons) mimos de programadores dedicados.

NOTA:

Também instalei o Yosemite em meu MacBook White, com ele não tive sequer uma dor de cabeça, está muito estável, apenas não roda alguns programas como iMovie. Em contrapartida, com o iOS 8 tive todos os problemas possíveis.