iPod School

Nuvem? Existe outra sem ser a do céu? Sim. É a computação em nuvem!

Guilherme WilliamGuilherme William

A computação nas nuvens, em inglês chamada de “cloud computing”, é uma tendência na internet do futuro. Em meio a todo o barulho, muita gente olha para cima, e se pergunta o que tudo isso significa. Se você é um deles, vamos a uma explicação simples.

Que negócio é esse de nuvem que tão falando por ai??

Então, após muitos pedidos criei motivação para falar sobre essa “nuvem” que não é a que você conhece no céu. Mas como explicar algo simples e de definição complexa?

Computação em nuvem se refere a um modelo de computação em que dados e aplicações residem em servidores físicos ou virtuais, acessíveis por meio de uma rede em qualquer dispositivo compatível.

É a ideia de utilizarmos, em qualquer lugar e independente de plataforma, as mais variadas aplicações por meio da internet com a mesma facilidade de tê-las instaladas em nossos próprios computadores.

Não sei se entendi…

A nova abordagem provê poder de computação como serviço via web, é mais ou menos como uma empresa de eletricidade fornece energia, em lugar de fazer com que os consumidores comprem computadores que eles mesmos administrem. Ou como a diferença entre comprar um carro e cuidar dos consertos necessários quando ele quebra ou arrendá-lo e contar com um mecânico para mantê-lo em operação.

A promessa da computação em nuvem é a de eliminar a necessidade de que organizações e indivíduos mantenham seu hardware, software, equipamento de armazenagem e equipamento de rede de computação.

Mas por que esse nome “nuvem”?

Existem várias versões para a origem do termo, mas a mais popular é que o termo surgiu em tom de brincadeira, para explicar onde os serviços estavam rodando. Em vez de rodarem em um servidor, trancado em uma sala da empresa, passaram a dizer que eles estavam rodando “nas nuvens”. Não há acordo sobre como definir a computação em nuvem. Há complicadas definições acadêmicas e outras criadas para servir necessidades escancaradas de marketing.

Entendi. Fale mais.

A idéia central por trás do Cloud Computing é fornecer serviços através da Internet, permitindo que você acesse arquivos, documentos, e-mail, rode aplicativos e assim por diante, a partir de qualquer PC conectado à web.

Dois bons exemplos introdutórios seriam o Gmail e o Google Docs, dois serviços onde os dados são armazenados nos datacenters do Google e você simplesmente acessa as informações utilizando o navegador, seja através do próprio PC, ou de um smartphone ou qualquer outro dispositivo conectado:

No Google Docs, os usuários podem editar textos, fazer planilhas, elaborar apresentações de slides, armazenar arquivos, entre outros, tudo pela internet, sem necessidade de ter programas como o Microsoft Office ou OpenOffice.org instalados em suas máquinas. O que o usuário precisa fazer é apenas abrir o navegador de internet e acessar o endereço do Google Docs para começar a trabalhar, não importando qual o sistema operacional ou o computador utilizado para esse fim.

Para donos de igadget, nesta segunda-feira (06/06/11) a Apple irá apresentar o iCloud. O seu próprio serviço de compartilhamento em nuvem. O iCloud deverá seguir a trilha do Amazon Cloud e do Google Music, serviços que permitem fazer o upload das suas músicas para ouvi-las em qualquer aparelho, por streaming.

Legal, mas quais são as vantagens dessa “nuvem”??

A maior vantagem da computação em nuvem é a possibilidade de utilizar softwares sem que estes estejam instalados no computador. Mas há outras vantagens muito boas:

Finalizando…

Em minha opinião, adorei isso tudo! Tem ótimas vantagens com o custo baixo. O que mais gosto da nuvem é não ter que me preocupar com backup. Armazeno meus arquivos mais importantes na nuvem e eles que se preocupem com isso.

Com certeza, tem gente pensando…:

Prefiro um Pen Drive!”

Lamento. Mas já vi pessoas perderem arquivos importantes neles por queimarem. Uns perderam até cabelos por isso hein!

“E eu vou confiar meus arquivos mais importantes com eles? Tá doido!”

Sim! Eu prefiro confiar pelo simples motivo de que há muito mais chance de ocorrer um acidente com meu disco (do computador ou de backup) do que com o deles. E já conheci muita gente que já aconteceu isso. Já aconteceu de formatarem meu disco e eu perder tudo!

“E com eles isso não pode acontecer??”

Claro que pode. Mas a chance é muito mais rara de acontecer do que com você. Afinal eles investem fortunas para que isso não ocorra. Possuem até backups dos backups!

Os servidores do Google por exemplo, nem se sabe onde estão todos os servidores deles! Alguns ficam em navios e se deslocam constantemente. Ou seja, sua informação está por ai, em algum lugar e ninguém sabe onde.

Ao meu ver as únicas desvantagens são a questão do desempenho (que fica condicionado à velocidade da conexão) que no Brasil é algo triste para todos nós internaltas brasileiros. Mas temos esperanças que isso melhore.

Mas anotem o que digo: A nuvem vai continuar se expandindo.

Obs: Se você não tem tempo, não tem paciência ou tem preguiça de ler, assista os vídeos abaixo.

Veja mais:

httpv://www.youtube.com/watch?v=2_Tn_QhvBbM&

httpv://www.youtube.com/watch?v=Su1r8L84muQ&

httpv://www.youtube.com/watch?v=4sGiNsy1mrQ&

httpv://www.youtube.com/watch?v=1SCZzgfdTBo&

  • Bruno

    Muito bom o seu conteúdo, veeeio!!!

    • Guilherme William

      Obrigado amigo. Divulgue o Blog, nao temos objetivos financeiros, esse vai ser um blog limpo de publicidades. Exclusivo pra voces, curta o site, divulgue. So assim o site sobrevive!

  • Pingback: Dicionário iOS - Aprenda a ler nesse Mundo iTouch | Mundo iTouch()

  • Axel267

    Olá meu nome é Axelmar, moro em porto alegre-rs e tenho 28 anos.
    Ao meu ver isso tudo esta ligado a interesses financeiros tanto por parte da google, microsoft, apple e outros idealizadores dessa ideia, jogo tudo que tenho, e garanto que não perco, afinal como sitado pelo nosso amigo guilherme, não precisariamos mais baixar uma musica para ouví-la, bastaria conectar um aparelho na internet e escutá-la por streaming, o problema é que para poder fazer isso, voce ultimamente precisa pagar, para poder ouvir a musica, ou assistir filmes sem trancos vc precisa ter uma internet de boa qualidade, e voce precisa pagar denovo.
    lógico que a idéia dos caras é boa, mas esta é so mais uma maneira desesperada de tentar conter o acesso a softwares piratas, download de MP3 e filmes e é claro arrancar mais um dinheiro da população mundial.
    vou citar um exemplo: voces lembrar como era a SKY ou DIRECTV muitos anos atrás? lembram como era o acesso ao seus serviços? era atraves de cartão magnético criptogrados, e os canais que estavam em  payper-view eram liberados por códigos digitados no próprio controle remoto, então na pratica bastava copiar o cartão mestre ou dar uma mixa pro instalador que vc tinha todos os canais a sua disposição, como medida deseperadora de tentar tapar esse buraco por onde saia seu lucro a sky implantou o cartão com chip, na época alegavam que com esse cartão teriam um sinal de melhor qualidade "digital" e mais canais, o que de fato ocorreu, mas junto com esse cartão veio tambem o sistema de criptografia mais conhecido no mundo chamado de nagra3. hoje em dia pegar canais desbloqueados pela sky é praticamente impossivel, é claro que existe outras maneiras de se ter tv via satélite de graça ( gatonet ), não diretamente pela Sky mas tem como sim. mas não vou entrar em detalhes.
    Claro que concordo com certos pontos do guilherme, que nossa vida ficaria bem mais pratica, sem CD's ou Pen drive's, mas imaginem seus dados, todos seus documentos praticulares e pessoais armazenados em algum lugar no mundo, agora imaginem um bom Hacker, e tem de montão parece xuxu em feira, chuta um moita sai 3 hacker's de trás dela.
    agora juntem seus dados espalhados por ai + Hackers de montão, é óbivio que se quiserem invadir meu computador eles vão invadir tambem, mas é muito mais facil eles invadirem um servidor que tem muito mais informações valiosas para eles do que um simples computador pessoal.
    Fugindo um pouco do assunto o mundo globalizado de hoje esta muito capitalista, eu estaria sendo Dogmata se dissese ao contrario, os carros por exemplo estão ficando descartáveis estão fazendo carro pra voce usar no máximo 2 anos, depois ele vai estar com tanto problema que voce se ve obrigado a comprar outro, eu digo isso porque sou vendedor de uma auto-peça e voces não tem noção das coisas que as montadoras fazem nos carros, ou das informações que eles não repassam pros clientes, o interesses delas é so vender o carro, depois quando estragar o carro voce não vai achar a peça nem na AUTORIZADA, não vo citar carros nem marcas mas ta cheio deles rodando por ai…
    bem acredito eu que nos dias de hoje toda bem feitoria, envolve interesse financeiro de alguma parte essa é a minha opnião.
    críticas e opniões diversas são bem vindas.
    [email protected]

    • Anônimo

      Nossa meu amigo, que comentário hein. Parabens…