Press "Enter" to skip to content

Novo iPhone é lançado; e ele não é da Apple

iphone-gradiente

No final de 2012, a Gradiente lançou o “iphone” – sim, minúsculo mesmo. Provavelmente, a empresa se aproveitou do sucesso que a Apple agregou ao nome “iPhone” para relançar um produto que já era sua marca registrada no Brasil. E legalmente, a Gradiente estava correta. O “Internet Phone”, abreviado para “iphone”, foi lançado pela Gradiente em 2000. No começo do ano, até explicamos que a Apple perdeu o direito do uso do nome “iPhone” no Brasil.

Em 2012, na tentativa de (provavelmente) tentar se aproveitar do já popular nome “iphone” para chamar a atenção da mídia, a Gradiente oferecia um celular bem mais barato que o iPhone da Apple, mas com recursos limitadíssimos – acompanhando o péssimo hardware de todo Android barato que conhecemos. Nem a Play Store o aparelho da Gradiente tinha. Era inviável comparar aparelhos com públicos-alvo distintos.

O aparelho antigo, batizado IPHONE Neo One, roda o Android 2.3.4, tem uma tela de 3,7 polegadas de 320×480 pixels e processador de 700MHz. Seu grande diferencial é o suporte a dois chips. Agora, nasce o Gradiente IPHONE C600. O aparelho recém-anunciado têm um hardware melhor do que o iPhone 5, e é a aposta da Gradiente para concorrer diretamente com a Apple. A tabela abaixo compara o C600 com o iPhone 5.

gradiente-vs-apple

Android 4.4.2, memória expansível até 40GB, tela de cinco polegadas com resolução 1280 x 720, processador dual core 1.4GHz, memória RAM de 1GB, câmera de 13 megapixels e rádio FM. Nada mal. Comparando o iPhone com o iphone (trocadilho inevitável), o aparelho da Gradiente tem um processador com clock 0,1GHz mais rápido que o da Apple, mesma quantidade de memória RAM, câmera com mais megapixels – mas isso JAMAIS será o suficiente para afirmarmos que a câmera do smartphone da Gradiente levará a melhor. Mesmo com hardwares parecidos, o iPhone 5 terá seu desempenho infinitamente vezes melhor que o aparelho da Gradiente. A combinação perfeita software-hardware exclusiva da Apple justifica isso de maneira bem clara. Em contrapartida, o aparelho da Gradiente suporta o recebimento de chamadas de 2 chips em simultâneo e sai pela metade do preço do aparelho que leva uma maçã mordida estampada em sua carcaça traseira.

No vídeo promocional, a Gradiente promete entregar muito mais por muito menos. Discordo!

Fonte: página da Gradiente no Facebook.