iPod School

Navegador iGO primo em promoção por tempo limitado

iMaster - Rodrigo iMaster - Rodrigo 

Considerado pela maioria o melhor navegador de GPS tanto para iOS quanto para outros aparelhos (não estamos menosprezando outros navegadores), o navegador iGO Primo Brasil teve upgrade nesta semana e em consequência, está em promoção desde então por tempo limitado.

Em geral este navegador custa $49,99, mas está saindo por $24,99. Vale muito a pena!

Este navegador não precisa de conexão com a internet, mas apenas do GPS para fazer a localização. Assim funciona em iPhones e iPads, desde que seja WiFi+3G ou 4G.

Pessoalmente uso ele e gosto muito. Apesar de não ser perfeito em todas as regiões do Brasil, mas em geral se dá muito bem com a maioria das localidades.

Como sabemos, cada tipo de aplicativo tem o seu foco, como por exemplo, o TomTom funciona muito bem em centros urbanos e o NDrive. Já o iGO e Sygic funcionam em geral, melhor em estradas, rodovias e centros, claro com algumas excessões.

Este aplicativo funciona tanto para iPhone como para iPad, pode ser baixado AQUI, pesa 743 MB e requer iOS 4.3 ou mais.

#FICADICA ;)

Comentem o uque acham do aplicativo, se fazem uso de outros navegadores, onde acham que funciona melhor, etc. Vamos trocar informações. :)

  • iMaster Rodrigo

    Eu também uso o Sygic, eu acho ele muito bom, ainda mais a versão mais atualizada, mas infelizmente GPS é algo meio tenso mesmo, pois nem sempre manda na melhor rota e tals, por isso é bom ter ao menos 2, um para centro urbano e outro para estradas. Se tiver mais opções de uso no aparelho melhor.  ;)

    • iMark0

      Concordo ;) .

      Abraços

  • http://www.facebook.com/Jean.s.Franco Jean Franco

    Eu uso o Sygic e acho ele muito bom pra estradas, fico esperando o dia em que sair uma promoção para o TomTom e NDrive, porquê o que esse Sygic já me botou em contra mão e rua sem saída não ta no papel. Hahahaha, mas valeu pela dica!

  • Epaniago

    Na verdade, nao é o Programa que erra a mão, é a convenção das ruas das cidades que estão desatualizadas.