Press "Enter" to skip to content

Microsoft admite que errou no seu comercial anti-iPhone

microsoft-comercial-apple

A gigante de Redmond tem, desde sempre, o costume de cutucar marcas concorrentes. A Microsoft já fez isso de maneira super engraçada e admirável antes [leia: “Microsoft ataca Apple e Samsung em seu comercial super criativo“], mas dessa vez ela passou dos limites.

O comercial mais novo que cutuca o iPhone inicia com um homem que se parece com Steve Jobs – inclusive com a mesma camisa preta do ex-CEO da Apple – escutando as ideias de dois empregados de sua empresa – Apple (?). A atriz começa: “Desculpe, estamos atrasados”. E o homem completa: “Meu iWatch teve que voltar para o R&D (setor de pesquisa e desenvolvimento)”. Em seguida, a imagem do ator que se parece Steve Jobs é constantemente alternada com um novo ator, que se parece com Jony Ive. A ideia passada é que os iPhones 5S e 5C foram resultado de várias reuniões sucessivas com Jobs e Ive. E em todas elas, há ironização por parte dos atores.

O vídeo, apesar de já removido do canal oficial da Microsoft, foi reupado por usuários do YouTube. Abaixo, incorporei uma versão dele.

Os comentários feitos dentro do comercial, que ao invés de serem engraçados se mostraram lamentáveis e inadequados, geraram bastante repercussão na web. Tendo consciência disso, um representante da Microsoft disse ao CNET:

A campanha tinha a intenção de ser uma cutucada leve nos nossos amigos de Cupertino. Mas acabou ficando fora de âmbito, e decidimos removê-la.

[via iDB].