Press "Enter" to skip to content

Lado negro da força? O que seria deles se o iPhone não tivesse sido inventado?

Muito se fala e escrevem por ai, dizendo que finalmente foi lançado um smartphone que faz frente ao nosso idevice preferido, claro que me refiro ao device da fábrica Samsung.

Mas se pararmos para pensar, temos que raciocinar, será que se o iPhone não tivesse sido inventado, hoje o mercado seria o mesmo? Continuaríamos utilizando os tradicionais botões fisícos, telas pequenas e funções limitadas?

Sinceramente eu não sei, mas uma coisa posso afirmar com certeza, o iPhone veio para revolucionar o mercado da telefonia móvel, um mercado que estava na mesmice e marasmo lá pelos anos de 2006, 2007.

Porém tudo mudou com o lançamento da primeira geração do iPhone, no caso o iPhone Classic/EDGE, pois quando o mesmo foi lançado, surpreendeu muita gente, com muitas pessoas duvidando de seu sucesso e até fazendo chacotas quando ele foi lançado.

Só que passados 4 anos pelo seu lançamento, podemos notar que os smartphones de marcas rivais que foram lançados posteriormente ao lançamento do iPhone, tomaram uma direção diferente, logicamente influenciados pelas linhas de design e modos de operar do iPhone.

 

Você pode até dizer, mas os dispositivos de marcas rivais evoluiram muito, desde o lançamento da primeira geração do iPhone em 2007, porém eles praticamente não criaram nenhum design novo, ao contrário, todos parecem com o iPhone de uma forma ou de outra.

Tente se lembrar dos aparelhos que estavam em circulação no ano de 2006, todos possuiam tela pequena, botões fisícos e hoje a maioria dos smartphones sequer possuem botões fisícos, quase todos os fabricantes também optaram por utilizar telas grandes sensíveis ao toque, muito parecido com qual aparelho mesmo 😛 ?

 

 

Mas vamos voltar para o ano de 2007, quando o iPhone foi lançado, Steve Jobs na época comparou o smartphone da Apple com os aparelhos existentes na ocasião, afirmando que eles estavam ultrapassados e funcionalmente falhos, e ele estava certo.

Durante os anos que se passaram, os fabricantes rivais afirmavam que o sistema de teclas do iPhone não iria pegar, não daria certo, muito menos a sua tela multi-toque, só que não demorou muito tempo para que estes mesmos fabricantes que criticavam o iPhone por estes motivos também adotassem estas funcionalidades em seus aparelhos.

Até 2009, não obtiveram sucesso, mas a partir daí as coisas começaram a mudar um pouco com o lançamento de smartphones equipados com Android, com os chamados iPhones killer.

Hoje vemos a fabricante Samsung fazer sucesso com o seu smartphone Galaxy e seu tablet, outros como a finlandesa Nokia resolveram apostar no seu próprio OS, no caso o Symbian que melhorou a tecnologia de toque de seus aparelhos, isto sem falar da nova versão do Blackberry OS que traz algumas caracteristícas do iPhone OS.

É claro que as fabricantes rivais fazem questão de afirmar que existem diferenças entre elas e seus aparelhos, mas se pensarmos bem, 90% destes recursos foi inventado por quem? Acho que nem preciso dizer.

Agora só nos resta esperar, para saber quem vai revolucionar o mercado novamente e quem vai seguir estas novas tendências tecnológicas , só que no entanto não podemos negar que a tela sensível ao toque com navegadores web, foi realmente uma evolução ou porque não dizer uma revolução que veio para ficar, comparando com os aparelhos antigos que mal conseguiam exibir Google.com corretamente.

Posso até ir para o lado negro da força, mas no caso o lado negro da força para mim é ser adepto da prática do jailbreak e unlock 😉 .

 

Abraços

 

 

Via