Press "Enter" to skip to content

Keynote: Confirmando rumores, iPad Mini é lançado [e exclusivo hands-on!]

 

Após semanas de rumores, fotos vazadas e dados técnicos divulgados por terceiros, o novo iDevice foi finalmente lançado e intitulado iPad Mini. Com uma excelente integração com o novo iBooks, ele é voltado para o uso acadêmico e cotidiano (leia-se na rua).

Tela

Com uma tela de 7.9″, ele encaixa-se perfeitamente em apenas uma mão. Tal tela virá com a mesma resolução do iPad 2, 1024x768px. Mesmo tendo apenas 0.9″ a mais que seus principais adversários, o Google Nexus Tab e o Kindle Fire, ambos com telas de 7″, ele tem um aproveitamento da tela muito superior (incrivelmente 49% maior). Tanto na vertical, quanto na horizontal, com o novo iDevice dá pra se aproveitar muito dos conteúdos online. E a Apple explorou bastante isso no evento de hoje, conforme podemos ver abaixo:

 

Essa, na minha humilde opinião, é uma das maiores vantagens do iPad Mini: portabilidade atrelada ao uso e exploração dos recursos, que não serão limitados por uma “tela menor”. O único contra, na minha opinião, é que a tela não é Retina, onde poderia explorar muito mais os recursos acima citados.

Design

53% mais fino, o iPad Mini virá com um design bem semelhante aos novos iPods touch. Com conector Lightning (igual ao do iPhone 5), câmera frontal HD de 720p e traseira de 5Mpx e conector padrão P2 para a entrada de áudio, os novos iDevices provavelmente virão acompanhados com os novos Ear-Pods (a Apple não disse nada a respeito). O que me chamou também muita atenção são os cantos arrendados e a cor estilo chumbo (há também a versão na cor branca). Acho que o que poderia se explorar mais no aspecto da espessura, onde esta poderia ser ainda mais fina.

Conexões

Com versão de entrada apenas com conexões Wi-fi, o iPad Mini terá também opções para conexão 4G LTE. Com a evolução da tecnologia, expandiu-se a lista de operadoras no mundo que já suportam as tecnologias de rede deste do novo iPad.

Valores

Com a versão de entrada (16GB e Wi-fi) a US$329, os valores do iPad mini estão bem acima dos de seus principais concorrentes. Veja:

  • Google Nexus Tab – US$199
  • Kindle Fire – US$199
Lembrando que os valores acima são para as versões de entrada de cada dispositivos. Com versões disponíveis para até 64GB e conexões 4G LTE + Wi-fi, os valores vão dos US$329 mencionados até US$659 (valor similar ao do novo iPad na versão 16GB Wi-fi + 4G LTE – US$629).

Bateria

Como em toda atualização/lançamento já era de se esperar que a bateria durasse um pouco mais. Com duração estimada de 10h, autonomia suficiente para que aproveite bastante o tablet, ele atende perfeitamente ao seu foco, o estudo. Logicamente, essa bateria durará muito mais com conexões de internet desativadas e em modo stand-by (não foi revelada a duração).

Smart Cover

As úteis e elegantes “Capas inteligentes” terão também versões para o iPad Mini. Inicialmente nas cores azul, verde, rosa, branca e preta, elas trarão o tão famoso recurso de “open to unlock”. Aparentando ser mais firmes, devido o tamanho reduzido do iGadjet, a Smart Cover é um acessório que recomendamos que seja adquido juntamente com o produto (até porque protege-o de danos à tela).

Hands-on

O site TechCrunch publicou uma matéria, logo após o término do evento, já com imagens do iPad Mini em mãos. Viemos com em primeira mão para lhes mostrar mais detalhes do novo produto da Maçã. Veja abaixo (clique nas imagens para ampliá-las:

Em resumo, um gadget que na minha opinião é muito bem vindo, a Apple visa abocanhar mais uma fatia do mercado e levar seu novo produto ao uso no cotidiano escolar e no nosso dia-a-dia nas ruas. E você, o que achou dessa “novidade” que todos já sabíamos?