Press "Enter" to skip to content

JailbreakMe.com ultrapassa a impressionante marca de 1 milhão de processos de jailbreak efetuados!

Acho que fomos o primeiro blog brasileiro a dar a notícia de que o programa JailbreakMe 3.0 estava liberado e totalmente funcional, comunicando aos seus fiéis leitores a excelente  dica.

E não bastou 24 horas para que uma outra notícia surpreendente, vinda do hacker @chpw, que colaborou com o hacker Comex no desenvolvimento desta bela ferramenta, para que ele desse uma grande declaração via Twitter:

Eles tinham ultrapassado a marca de 1 milhão de processos de jailbreak efetuados, via JailbreakMe.com

 

 

Considerando o pouco tempo, desde que foi lançado, podemos considerar este fato como histórico e porque não dizer, impressionante!

E lembrar que até a liberação final deste programa, houve vazamento de versão beta, por parte de beta-testers, deixando a comunidade de hackers que trabalhavam nesta ferramenta, enfurecidos e até chegou-se a cogitar a possibilidade de cancelar a liberação deste programa.

Mas enfim, Comex demonstrou que além de um grande hacker, soube pensar rápido, e logo após a liberação de sua ferramenta, liberou também o software PDF Patcher 2, disponível gratuitamente no Cydia,  que fecha a brecha encontrada por ele no arquivo PDF do navegador Safari.

Prevendo que a Apple está prestes a lançar o iOS 4.3.4, o hacker simplesmente se antecipou a firma de Cupertino, e lancou este tweak que impede que hackers mal intencionados, utilizem esta falha para enviar códigos maliciosos.

Portanto, fazendo o processo de jailbreak com o programa JailbreakMe 3.0 e logo em seguida utilizando o tweak PDF Patcher 2, mesmo que a Apple lance o iOS 4.3.4 não vai ser necessário que você atualize o seu device, pois neste caso você perderia o jailbreak e ele já está totalmente protegido, até nisto Comex pensou.

Confira também um vídeo, que demonstra como este programa conseguiu ultrapassar a marca de 1 milhão de desbloqueios, devido a sua simplicidade, rapidez e praticidade:

 

Impressionante! Não é mesmo?

Abraços

via