iPod School

iWatch: conceito explora tela de 2,5″

André BazagliaAndré Bazaglia

Conceitos são a melhor maneira de mergulharmos nossa imaginação dentro das possibilidades que a tecnologia abre. Embora, na maioria das vezes, eles superarem a realidade dos produtos apresentados pela Apple, jogando nossa expectativa lá para cima, não é um problema nos acostumarmos com boas e grandes ideias.

O iWatch, produto que deverá ser um dos grandes lançamentos da Apple para o segundo semestre deste ano, ainda está dentro de uma caixinha de surpresas, de maneira que fica difícil para usuários, na ausência de rumores, sentirem um gostinho do que pode vir nos próximos meses. Ainda assim, um recente rumor – bastante abstrato e sem imagens – aposta em uma tela de 2,5 polegadas, a mesma usada no conceito que separamos logo abaixo. Confira:

Compartilhe suas opiniões. Matheus Paiva, obrigado pela dica. 😉

Programador, blogueiro, estudante de Engenharia de Computação. Em busca de deixar sua marquinha no universo.

  • Jonas

    Achei incrivel este conceito de iWatch, na minha opinião o melhor conceito até o momento, as 2,5 polegadas oferecem o tamanho ideal para navegar e explorar as features deste novo iGadget, por exemplo Steve Wozniak disse que o samsung Galaxy Gear é completamente inútil, pelo fato da tela ser pequena, e complicado demais para utilizar, concordo com ele, compartilho a mesma opinião que ele, um iWatch tem que oferecer funções unicas e adequadas para ele, penso que aplicativos como Reminders, Contacts, Calender, Facetime, Messages, Mail, Maps, são obviamente indispensáveis, uma tela maior oferece muito mais opções para impor mais aplicativos com uma funcionalidade realmente útil. Acompanho este blog desde sempre, e sempre tenho vontade de comentar mais, finalmente tive tempo, Parabens André Bazaglia

    Leitor aqui da suiça, espero nao fazer muitos erros de gramatica =)

    • Adoro ler os comentários de leitores de outros países. Agradeço muitíssimo o comentário. Concordo bastante com o as suas opiniões, e sobre suas palavras, fico extremamente grato, Jonas!

      Um grande abraço.