Press "Enter" to skip to content

iPhone caiu na água. O que fazer?

Acidentes acontecem. Não são raros os casos de usuários de iPhones — ou de outros celulares e smartphones — que derrubam líquidos em seus aparelhos. Bebidas, águas ou até um inusitado mergulho na piscina são, em grande parte das vezes, inimigos de aparelhos eletrônicos. A água — e outros líquidos — contém minerais que estimulam a oxidação. No caso específico da água, o oxigênio de sua composição química reage com componentes do celular, criando pontos oxidados em cima da placa, que funcionam como bloqueios de contatos elétricos. Felizmente, não precisamos chegar a este ponto. Medidas inteligentes e tomadas imediatamente após o contato do aparelho com água podem salvá-lo. Exploraremos um passo-a-passo nesta matéria.

1) Desligue-o imediatamente.

Assim que o aparelho entrar em contato com a água, desligue-o imediatamente. E não tente ligá-lo em seguida. Leve esta etapa a sério e controle a sua ansiedade. Acredite: tentar ligar o celular constantemente pode destruir suas chances de recuperação. Dentre as sete virtudes, a paciência é a mais difícil de se desenvolver. Aproveite o momento para treiná-la. É por um bom motivo: a vida do seu iPhone.

2) Enxugue-o com as ferramentas certas

Nada de secador de cabelo ou sol, okay? Fuja de ferramentas que podem aquecer seu iPhone. Se seu secador de cabelo possuir o modo de jato frio e você achar o uso conveniente — e perceber, pela situação do escorrimento da água pelas saídas na carcaça do aparelho, que ele pode ajudar –, use-o sem medo. O secamento agressivo gera um processo de condensação/evaporação que pode piorar a situação. Jatos de ar sempre frios, portanto. Uma recomendação tradicional é o secamento com um pano. Se você tiver as ferramentas para abrir seu iPhone, faça isso. E seque-o internamente. Seu objetivo neste momento é reduzir a quantidade de água.

Sugestões interessantes nesta etapa:

  • Se você tiver uma chave de fenda de 5 pontos capaz de remover os dois parafusos da parte inferior do iPhone, use-a. Um secamento mais aprofundado para finalizar essa etapa é muito mais eficiente;
  • Se você possui uma solução de álcool isopropílico 99%, molhe uma microfibra sem fiapos e use-a para limpar as placas internas dentro do iPhone. É claro que, já que a situação do iPhone molhado é um acidente, você talvez não tenha nem as ferramentas para abrir o iPhone nem a solução de álcool isopropílico ultra-concentrada. Caso você esteja lendo esta matéria apenas para fins de absorver conhecimentos por prevenção, fica a sugestão de dois materiais que você pode ter guardado para uso em uma situação emergencial.
Álcool isopropílico: se você estiver preparado com antecedência e for um usuário avançado, mergulhar a placa lógica no álcool e usá-lo para limpar componentes que não podem ser removidos eleva as chances de recuperação para praticamente 100%.
Álcool isopropílico: uma ótima opção para se prevenir com antecedência a um possível acidente. Se você manuseia ferramentas e montagem de componentes bem, mergulhar a placa lógica no álcool e usá-lo para limpar ourtos componentes eleva as chances de recuperação para praticamente 100%. O álcool remove os minerais corrosivos e oxidantes da água.

3) Mergulhe-o no arroz

Encha um saco plástico de arroz, coloque seu iPhone dentro e lacre-o deixando o mínimo possível de ar dentro do saco. O arroz é higroscópico, e tem a capacidade de absorver a umidade do ar. Só há uma observação nesta etapa: se você previamente abriu o iPhone para secá-lo internamente, recomendo fortemente que procure um local não úmido e deixe o iPhone terminar de secar nele ao invés de colocá-lo no arroz. Direcionar um jato de vento para agilizar o processo pode ser vantajoso.

4) Os três dias mais longos do ano

Após passados três dias, é hora de tirar o iPhone do saco de arroz e ligá-lo. Caso você tenha optado por deixar o iPhone secar por completo fora do saco de arroz, seguindo as sugestões opcionais das etapas 2 e 3, também é a hora de ligá-lo. Somente prossiga se você sentir que o aparelho de fato está seco. Se houverem indícios que ele ainda está molhado, espere mais algumas horas — ou mais um dia.

Após seguir este guia por completo, arrisco que as chances de recuperar seu iPhone danificado por água seja de cerca de 95%.