Press "Enter" to skip to content

iPhone 5? Que nada, é iPhone 4S

A Apple, depois de uma Keynote — que por razões pessoais, não curti –, anuncia o novo iPhone denominado de iPhone 4S, que é um iPhone 4 duas (ou mais) vezes mais rápido. O evento foi hoje a tarde, no qual, causou tumulto nos usuários de iPhone por não ter visual novo. Mas, depois de mais de um longo ano de espera, e de uma fuga do tempo de atualização — aos menos íntimos, de um em um ano há geração nova de todos os aparelhos da Apple, desde iPods à Macs –, eis que o iPhone 4S foi apresentado por nada mais nada menos que Tim Cook, atual CEO da Apple. E aí, vamos ver este novo iGadget? 🙂

Vou entrometer dando minha clara opinião sobre o aparelho, que no fundo, pouco me alegrou, mas que em alguns aspectos eu gostei. A Apple faz isto de “iPhone Speed” há um tempo, e falarei disto ainda neste texto, e vai ser logo logo isto, mas o que me amarga é que a Apple não podia ter feito isto por um setor gigante de aspectos desnecessários nesta nova geração. Começando pelo caso da antena, aquela que deu problemas no começo do iPhone 4, que onde você encostava a mão, e o sinal caia todo, e isto pode voltar neste novo iPhone, mesmo torcendo que não, pode ocorrer, e a culpa disso é o visual; Outro motivo é aquele vidro no iPhone, que pode deixá-lo mais sexy, mas já parou para pensar que é arriscado? Muitos iPhones morreram assim ; para completar, a tela de 3,5 polegadas é algo que não curto mais, e depois de usar aparelhos com 4 polegadas, vi que o tamanho do iPhone não é o bastante. Apenas estas minhas birras pessoais, mas vamos ao que interessa.

Voltando no tempo, percebeste que não é o primeiro “iPhone Speed” que a Apple lança? Lembram do iPhone 3G? Sim, aquele simpático iPhone com o mesmo visual que o 3GS, mas bem mais lento, com 2 megapixel de câmera, entre outros. Como o iPhone 3G tinha um visual simpatizante, e supria as necessidades, isto naquela época, a Apple invés de fazer tudo novo, que dá uma canseira danada, e além de gastar muito dinheiro, pegou o iPhone 3G e colocou mais memória RAM, câmera nova, bússola, e um processador novo, e como disse a campanha da Apple na época: “um iPhone 2x mais rápido”. Esta foi a campanha, e pode ser que se use de novo.

Durante um bom tempo, atraiu grandes clientes, e ele deu certo. Até hoje, se fala do iPhone 3GS, e por mais que ele já seja o iPhone mais velho, a Apple ainda insiste nele, visto que, é um dos iPhones mais acessíveis do mercado nos dias de hoje, e tem um ótimo desempenho, e como o iOS 5 pega nele como se fosse iOS 4, ou seja, sem travar, congelar, nada, limpidamente, e tem todos os recursos do iPhone 4, exceto o FaceTime por falta de uma câmera frontal, mas aí é outra história.

Sabendo disso, já temos uma noção de como é o iPhone 4S. A Apple pegou a carcaça do iPhone 4, mudou o hardware, colocando o grandioso Apple A5, que é um “simpático” dual-core de 1GHz, mais RAM — não confirmo, mas suponho que isto seja algo válido, já que não é só dar uma força adicional no processador para ver o poder todo –, uma câmera de 8 megapixels, com uma nova tecnologia de retroiluminação com distância focal de 2,4mm, com 30% de mais detalhe, tudo isto em 5 lentes.

Para saciar a vontade daqueles que amam filmar de seu iPhone, a Apple promete filmagens em 1080p, com tecnologias para estabilizar a imagem, impedindo aqueles famosos vídeos tremidos de seu aparelho celular, que cá entre nós, não há nada mais atordoante do que um vídeo dessa forma.

Além disso tudo, há outros grandes marcos. Ao que entendi, a Apple vai “universalizar” o iPhone. Há dois tipos de iPhone 4, o iPhone CDMA e o GSM, e se comprar um CDMA, não adianta querer por um chip depois, não há jeito e modo de fazer isto. Mas para que isto? Como chamada pela empresa criadora, o iPhone 4S é um “World Phone“, ou seja, aquele que pode ter CDMA e GSM num aparelho só, ou seja, você pode usar um ou o outro em seu aparelho.

Para finalizar os recursos novos, muitos reclamavam do sistema de controle de voz. Agora você pode falar com seu iPhone, mas é mais ou menos isto, pois você pode perguntar “Que horas são?” e ele te responde dizendo “onze e cinquenta”, ou outras coisas — claro que isto é um exemplo e eu não sei se vai ter por horário, mas seria uma boa. O sistema se chama Siri, mas para os brasileiros, há a decepção que isto será apenas aceito em inglês, francês e alemão, mas a proposta da Apple é ir expandido de acordo com o tempo passando e chegando em novos países. Creio que isto seja algo de acordo com o iOS do iPhone 4S, apenas o dele, mas quem sabe não se pode ativar nos modelos anteriores com jailbreak ou de outras formas?

A melhor coisa que a Apple fez, até hoje, vai ser dito agora. Lembram daquela história de que somente 32GB no iPhone não é nada? Eu passo por isso todos os dias, aliás, até me pergunto como a galera de 16GB no iPhone sobrevive. Pois bem, a Apple, finalmente fez um iPhone que tivesse 64GB, assim como os iPod Touch, e assim foi feito, o iPhone terá 64GB também.

O aparelho virá também com o iOS 5, que é a nova versão do iOS que deve chegar agora com o iPhone 4S. O iOS 5, como muito falado aqui no blog, é um excelente iOS que vale a pena ter em seu iGadget.

O iPhone 4S estará disponível dia 14 de outubro nas lojas dos Estados Unidos, por US$ 199 o modelo de 16GB; US$ 299 o modelo de 32GB; e US$ 399 o modelo com 64GB. Vale lembrar também que a Apple não matou as gerações anteriores, vendendo o iPhone 4 de 8GB por US$ 99, e o 3GS de graça. Estes valores são com contrato de fidelidade nas operadoras, e pode contar que este 3GS de graça é com um contrato, já que só tem ele na AT&T bloqueado, eu acho.

Em outros países, a Apple alega a chegada do iPhone 4S dia 28 de outubro em 22 países, mas, no Brasil, a promessa é que seja em dezembro a chegada, mas como sabemos, nosso país tem de passar por um longo processo de homologação para depois ser liberado, e só quando Tim Cook querer.

E aí, o que acha do novo iPhone? Comente, expresse sua opinião, queremos ouvi-lo, caro leitor!