Press "Enter" to skip to content

iPad 2. Isso muda tudo. De novo.

Não é esse o slogan do recém anunciado iPad 2, mas bem que poderia ser. Depois de basicamente criar uma nova categoria com o anúncio do iPad ano passado, a Apple consegue se superar em praticamente todos os aspectos com o iPad 2.

Para começar, a parte de dentro. O iPad 2 usa o chip A5 feito pela própria Apple, que une o poder de um dual-core com o baixo consumo de bateria do A4, usado não só no iPad 1 como também no iPhone 4. Isso permite ao mesmo tempo que o iPad 2 tenha uma performance nove vezes melhor em gráficos que o iPad original e que ele seja duas vezes mais rápido de um modo geral ao mesmo tempo que a duração da bateria permanece inalterada, com as mesmas 10 horas de uso que o primeiro modelo.

Além disso, o iPad 2 têm também, em relação ao primeiro modelo, a adição de um giroscópio, como o presente no iPhone 4, e, claro, a adição de câmera traseira e frontal para FaceTime. Nada foi dito sobre a qualidade dessas câmeras, mas provavelmente serão do mesmo modelo hoje encontrados no iPod Touch de quarta geração: Uma câmera frontal VGA e uma câmera traseira capaz de filmar vídeos em HD, apesar de não se dar muito bem em fotos.

E na parte de fora a Apple também fez um ótimo trabalho. O iPad 2 tem um design totalmente redesenhado, sendo até 33% mais fino e 15% mais leve que o iPad original. Para uma medida de comparação, ele é até mais fino que o iPhone 4, que, por sua vez, já é um dos smartphones mais finos do mercado. Isso se deve também ao fato de a traseira do iPad ser “achatada”, assim como nos modelos mais novos de iPod Touch. Além disso, também é possível notar na foto acima que o alto-falante está um pouco mais aparente. Será que é o tal alto-falante avantajado que tanto se falou nos rumores? A Apple não comentou nada sobre isso.

Por último, mas não menos importante, a capa. O novo iPad têm uma capa completamente redesenhada, que ao mesmo tempo que protege seu aparelho, não altera o seu design de uma forma tão drástica quanto acontecia no iPad original. Como vocês podem ver na foto abaixo, a capa apenas protege a tela do iPad, ao mesmo tempo que pode ser dobrada para servir de apoio para escrita no iPad. A capa oficial da Apple pode ser encontrada em 10 cores diferentes —5 feitas de poliuretano (o mesmo material usado em roupas espaciais) e 5 feitas em couro — disponíveis por $39 e $69.

 

 

Vale a pena ainda mencionar alguns “avanços tecnológicos” dessa capa. Ela é magnetizada, o que significa que ela “cola” no seu iPad, sem deixar resíduos e nem ficar soltando. Além disso, o iPad têm um sensor que, trabalhando em conjunto com a capa magnetizada, permite que o tablet seja bloqueado assim que você fechar a capa (evitando gastos desnecessários de bateria) e desbloqueado assim que você abri-la (simplesmente mágico).

É isso, pessoal. Esse é o novo, mágico e (talvez não tão) revolucionário iPad 2. O que vocês acharam? Vão comprar um? Jã estão procurando compradores para o iPad “antigo”? Coloque a sua opinião aí em baixo nos comentários 😉