iPod School

Imagens: conceito do iWatch

André BazagliaAndré Bazaglia

Falta quase um mês para a WWDC, que já tem sua keynote principal marcada para o dia 10 de junho. Enquanto isso, resta a nós, amantes de maçãs, aguardar e especular o que o próximo grande evento da Apple pode trazer de novidades tecnológicas para nós, sempre nos divertindo com maravilhosos conceitos.

iwatch-1

iwatch-2

iwatch-3

Gostou? Veja a galeria completa de imagens no site do autor, Martin Rajek [link].

[via gizmodo].

Programador, blogueiro, estudante de Engenharia de Computação. Em busca de deixar sua marquinha no universo.

  • Se a apple realmente lançar um relógio, pelo amor de deus, o faça em aço cirúrgico e não nessa pífia liga de alumínio utilizada no iPhone 5. Um celular riscado é uma coisa, agora um relógio, que é um item muito mais voltado à estética que um celular. É bom prestarem a atenção nisso para acabar se tornando outra piada da maçã, ou vocês acham que usar capinhas e película (como somos praticamente obrigados a fazer com o iphone) seria uma solução interessante em um relógio de pulso?
    Espero que, caso realmente venham a lançar esse produto, o façam com auxílio dos profissionais certos com conhecimento do caso. Entrar no mercado da relojoaria vai muito além de portar o sistema operacional numa adaptação do seu hardwere.

    • Luciano

      Pífia liga de alumínio ? Compra então a alta tecnologia do plástico do galaxy

      • kkkkkkkkkkkk, é… alta tecnologia dos plásticos do Galaxy… rs

        Rafael, óbvio que a Apple não seria nem louca de utilizar materiais que risquem facilmente. Primeiro, é uma coisa bem difícil que um relógio seja riscado, já que está em contato o tempo todo com o pulso, a não ser que você seja um mal estético e utilize o relógio virado para baixo, eles não foram projetados para isso. Segundo, até hoje não encontrei nenhum relógio feito em aluminio…

        O Alumínio que você caracterizou de "pífia liga" é utilizado para estética e leveza do produto, assista ao vídeo em que essa "pífia liga" é trabalhada na montadora do iPhone, a própria Apple divulgou.

        Ninguém está obrigado a utilizar capinhas e películas, basta ser apenas um comprador que valoriza sua compra. Como eu, tenho um iPhone 5 sem película, sem capa, perfeito estado de conservação, sem NENHUM risco. Smartphone não foi feito para cair.

    • "Entrar no mercado da relojoaria vai muito além de portar o sistema operacional numa adaptação do seu hardware". Exatamente. Também espero que a Apple estude bem este setor de mercado que ela vai entrar. Se tudo der certo, seu relógio vai vender que nem água…

      • Com certeza, ainda mais vindo da empresa que vem, por melhor ou pior que seja venderá igual água no deserto. Mas penso no longo prazo, o feedback positivo e real utilidade do produto.
        No meu entendimento, opinião particular, não vejo "ó, que benefício" em um relógio associado a um smartphone (como esses feitos pela sony por exemplo), afinal, se para ter as funções multimidia você precisa estar com o celular a mãos, por que não usa-lo simplesmente?
        A idéia de um relógio vai muito além de portar uma nova versão de um iPod já com pulseira embutida. Um relógio deve ser prático, confiável, usual ao dia a dia, estético e resistente. Quem realmente gostaria de utilizar um relógio que tem que ser removido toda vez que for lavar as mão e tomar banho, ou que tem que tem que andar com a mão sem tocar em nada pra não lesar todo o seu bezel…
        Acho que ela tem que tomar um cuidado redobrado nesse primeiro momento, se ela for entrar nesse mercado realmente para dividir fronteira, com fez com o de telefonia móvel, deve ter uma equipe bastante experiente no setor e capacitada para formular o produto ideal, ou vai acabar produzindo mais um gadget periférico legal para mostrar aos amigos mas pouco usual no dia a dia. Ainda mais como sendo o primeiro lançamento de uma linha como essa, o seu sucesso ou insucesso de crítica seria fundamental a continuidade do produto.

        E @Kayky Ramos, não capitei qual foi o tom da sua comparação, mesmo. Aonde que o Galaxy ou qualquer outro aparelho, Samsumg ou não, fora citado além do iPhone 5? Particularmente, não gosto muito desses celulares Android, não só pelo material, mas pelo sistema. Nunca tive uma. Sem ser fanboy, a liga de alumínio utilizada no iphone 5 (PRETO, cade especificar) "inevoluiu" fatalmente daquela vista no iPhone 4/4s, e só não vê isso quem é bastante fanboy mesmo. Reviews apresentando essa crítica não faltam na internet. Eu utilizo o iPhone 5 no meu dia a dia, assim como fiz com o 4s, 4, 3Gs e 3G, desde os seus respectivos lançamentos, e digo que desde o primeiro iTouch (e o seu terrível fundo riscante) não se via um material tão frágil vindo da maçã. Não to falando de marcas geradas por quedas, mas de riscos vindos do simples apoiar do aparelho na mesa! Meu 4S com 1 ano de vida, nunca viu uma capa e não tinha 1/5 dos arranhados que o meu 5 tem, mesmo eu tendo o mesmo padrão de cuidado (no caso do 5 ainda maior, desde o 3 eu nunca usei uma capa por mais de uma semana, acho que tira a estética proposta para o aparelho, mas no 5 eu sou tipo obrigado a isso). Essa fragilidade num relógio de pulso que VAI ser apoiado em mesas, vai ser lascado em maçanetas e outras coisas (como ocorre com qualquer relógio) não seria uma boa idéia.

        Mas claro, ponto de vista.