iPod School

ANÁLISE: Force Touch poderá ser exclusivo para iPhone 6s Plus

André MacêdoAndré Macêdo

O site Taiwanês Economic Daily News alegou recentemente que dos Phones que serão lançados no fim do ano, veja aqui quais são, o único que receberá o sistema Force Touch será o maior deles, o 6s Plus.

Atualmente, a diferença técnica entre o 6 e 6 Plus está na qualidade das telas (o 6 Plus é full HD e 6 HD), no sistema de estabilização de imagem (digital no iPhone 6 e óptica/digital no 6 Plus) e na potência de suas baterias (aproximadamente 1.800mAh e 2.900mAh para 6 e 6 plus). Isto deverá mudar na versão s, mas afinal o que é o sistema Force Touch?

Tão sensível que sabe se você está tocando ou apertando.

iWatch iPS

Além de reconhecer o toque, o Apple Watch sente intensidade. Isso cria uma nova dimensão para a interação com o usuário. O Force Touch usa eletrodos minúsculos ao redor da tela Retina para distinguir entre um toque leve e uma pressão, ativando na hora uma série de comandos específicos. Com o Force Touch, a pressão firme na tela ativa outros controles em apps como Mensagens, Música e Calendário. Ele também permite selecionar diferentes mostradores, pausar ou encerrar um treino, buscar um endereço no Mapas e muito mais. O Force Touch é a inovação mais importante na tecnologia tátil desde o Multi-Touch.

A definição acima está nas página do Apple Watch no site da Apple, mas será a mesma definição para o novo MacBook ou futuramente para iPhones. De acordo com a intensidade do toque, dependendo de o que você estiver clicando, aparecerão funções adicionais da tela de seu smartphone. Esse recurso pode ser comparado com a S-Pen e a linha Note da Samsung, mas ao invés de uma caneta o ativador dessas funções será seu dedo. Isso garantirá infinitas soluções no iOS9 e este, quando for liberado para os desenvolvedores, dará mais dicas se o recurso será disponível apenas para iPhone 6s Plus ou não. Veja o vídeo abaixo (em inglês apenas) demonstrando o Force Touch no novo MacBook.

Fora isso, os dois novos iPhones serão atualizados igualmente para a linha A9 de processadores e dessa vez dotando 2GB de RAM. Mas será que já virá com 2GB? Nos últimos dois modelos da linha S (4s e 5s) os iPhones não aumentaram sua RAM, apenas o processador dentre outras coisas. Em uma primeira análise é fácil achar que não, porém o iPhone para a Apple representa o hardware mais potente entre seus gadgets e atualmente já existe um produto com 2GB, o iPad Air 2. Logo, é de esperar essa atualização também.

Você também está ansioso para esta atualização? Deixe seu comentário aqui ou nas redes sociais.

Analista

  • Leonardo

    Que tosco, Apple querendo forçar seus clientes que conhecem de tecnologia migrar para um Android. Desgraca, pelos menos o Android anda melhorando, pelo jeito em breve eu abandono meu MacBook, Apple TV e iPhone… Ops, iPad tb, que mesmo sendo o 4, anda travando demais.

    Vou ficar só com o iPod namo.