iPod School

Empregados da Foxconn China têm de assinar acordo impedindo suicídios

Bruno De BlasiBruno De Blasi

Não sei se você ficou atento nessa época, mas se lembra da Foxconn da China, que produz aparelhos para a Apple, HP, Nokia e a Dell, viu seus funcionários se suicidarem, tendo 13 mortes em 1 ano? Dessa vez, depois de 13 mortes, os funcionários da empresa tem de assinar um acordo de “não-suicídio” para impedir que esta causa ocorra novamente e que a empresa não passe por problemas.

Trabalhadores da Foxconn

A empresa tem grande reputação mundial, e depois do caso de iPads feitos no Brasil, ela ganhou maior autoridade no território nacional nos trazendo o tão pedido tablet com preço menor e que tenha acesso para quem não pode pagar muito cara por um aparelho, como eu de exemplo. Na fábrica que há na China, como dito, já teve vários suicídios, e o Sacom, que é um órgão de Hong Kong responsável pelas pesquisas de péssimos comportamentos em multinacionais, investiga o caso e tem péssimas conclusões.

Primeiro de tudo, o Sacom descobre que há péssimas condições de trabalho com 80 a 100 horas de trabalho intenso e sem pausa para se alimentar, mas estas condições não são piores. Como eu esperava quando eu vi sobre o caso, a parte que faz produtos da Apple, que é a planta Chengdu, é a que há mais problemas com o quesito – ao que me recordo, de lá que veio a maior parte dos suicídios.

Depois de tantas tentativas de impedir suicídio, mutilação e dentre outros demais – para ter noção de como estava, eles colocaram até telas abaixo das janelas para impedir novas tentativas –, os funcionários tem de assinar nada mais e nada menos que um acordo.

Vindo disso, há uma clausula para assinar, e claramente ela diz que em caso de tentativa de ferimento proposital, que seja desde uma mutilação até um suicídio, o funcionário estará concordando que a empresa seguiu todo o parâmetro de leis e regulamentos da região onde estabelece a fábrica e que a empresa não tomará medidas legais que poderão prejudicar sua reputação.

Se pensa que o ato de suicídio e mutilação dos funcionários é algo demais da parte deles, fique ciente que os trabalhadores de lá passam por sérios e graves problemas em questão da segurança. Ao que indica as pesquisas, os trabalhadores da empresa nem instrumentos de proteção para produtos químicos usam, dentre outras humilhações. Espero que na Foxconn do Brasil, que produzirá produtos da Apple, não tenha estes casos.

Com informações de Tecnoblog.

 

  • Rodrigo Viana

    Isso parece ser um pouco tenso. Tipo, você entra numa empresa e você tem que assinar uma parada dizendo que você não vai se suicidar.

    Enfim, bom post e bem-vindo! 😀

    • Isso que eu achei, mas a Foxconn tem que tomar alguma providência em prol do nome dela, em questão, há necessidade e não necessidade disso, vai depender muito do funcionário. Obrigado :).

  • Vinicius Covre

    Belo prost! Seja muito bem vindo ao blog Bruno ;D

  • Seguro de vida FAIL ! Bem Vindo!

  • Reginaldo Junior

    descobri porque alguns produtos da apple, HP, Nokia e a Dell explodem em alguns países, além de quererem se matar querem matar os outros.

  • Gustavo_Y

    hauahuahauhah imagino vc vai trabalhar ai tenque assinar um papel falando nw vou me jogar do prédio, kkkkkk

  • Diego

    Se eles suicidarem então não podem processar a empresa? Pô sacanagem

    • Essa é a ideia. Mas eu acho que ainda vai ter algo por vir que a empresa não gostará :P.

  • Jones

    Tipo assim: ô cara se vc se suicidar não vai receber seus tempos!

    Humor negro, sorry!

  • Pingback: Empregados da Foxconn China tem de assinar acordo impedindo … | SOS AJUDA LIGUE 141 – 24Hs()