iPod School

Dica de app/game viciante: “Swing Copter”

André BazagliaAndré Bazaglia

Em fevereiro deste ano, dedicamos uma matéria inteira ao polêmico Flappy Bird. O game virou febre na App Store e na Google Play. Apesar de sempre ser gratuito em todas as lojas em que foi disponibilizado, o Flappy Bird rendia cerca de 120 mil reais por dia, por conta dos anúncios que eram exibidos no topo do aplicativo no fim de cada partida. Ainda assim, seu desenvolvedor não aguentou a pressão do sucesso e o tirou no ar por, literalmente, “não conseguir dormir”, nas duas palavras.

Nasce, agora, um sucessor do game, do mesmo desenvolvedor: o “Swing Copter”. Dentro do jogo, um personagem com um capacete acoplado a uma hélice deve voar à la Doodle Jump, desviando dos obstáculos que se assemelham a martelos balançantes presos a um fio). Ao tocar na tela, o usuário inverte a direção do personagem. A interação do jogador com a tela é muito parecida com a experiência antiga do Flappy Bird. Inclusive, o Swing Copter é tão difícil quanto – ou ainda mais.

swing-copters

Se você deseja se irritar um pouco com o game simples, mas difícil, saiba que, assim como seu antecessor, o “Swing Copter” também é gratuito. Ele pesa 7.9 MB e está disponível apenas no idioma inglês. O iOS 6 ou qualquer versão posterior é pré-requisito para os que desejam conferir o game. [App Store]. Há, ainda, uma versão para Android nele. Usuários do robô da Google podem buscá-lo na Play Store.

Top

Programador, blogueiro, estudante de Engenharia de Computação. Em busca de deixar sua marquinha no universo.