Press "Enter" to skip to content

Curiosidade: Entenda como surgiu o iPhone

Para nós que simplesmente adoramos tudo que a Apple produz, isto não é novidade para ninguém, afinal quem nunca sonhou em comprar um iPod touch, um Mac Book, iMac e por ai vai.

Mas e quanto ao nosso belíssimo iPhone, muitas pessoas simplesmente o idolatram, outros não querem nem chegar perto, seja pela falta de intimidade em utilizar o nosso smartphone preferido, ou porque realmente não o curtem.

Resumindo existem pessoas que amam o iPhone, outros odeiam (será?), mas ninguém pode negar que depois que o iPhone chegou ao mercado, lá pelo ano de 2007, ele revolucionou o mercado de smartphones, forçando a concorrência a sair da mesmice em que se encontrava na época.

De lá para cá, muitos concorrentes alteraram de forma radical o hardware e o software de seus smartphones e isto foi culpa de quem? Do iPhone ou do Sr. Steve Jobs.

Mas a pergunta que fica é:  Como Steve Jobs conseguiu criar um gadget tão revolucionário, ainda mais para a época? Pois então, vamos tentar descobrir juntos a origem do iPhone 😉 .

Bom, alguns rumores dizem que em Agosto de 2002, já existiam boatos no meio especializado de que Steve Jobs estava com uma idéia brilhante sobre um produto que ele pretendia lançar, e já era sobre o primeiro iPhone ou iPhone EDGE/Classic/2G.

Na visão de Steve Jobs ele seria um produto revolucionário, pois seria um mix com o melhor da Apple que são os softwares, tudo isto em um gadget que caberia na palma da mão ou o que na época chamava-se Palmtop.

Logicamente que nada foi confirmado na época, afinal era muita viagem, imaginem isto no ano de 2002, os Pcs eram caríssimos e enormes 😛 .

Mas a partir daí, já dava para ter idéia que esta proposta de Steve Jobs era brilhante, um outro fator que nos leva a esta conclusão é que quando Steve Jobs voltou para a Apple, ela estava prestes a comprar a Palm, por um bilhão de dólares e isto é um claro sinal de que a maçã queria entrar no mercado dos PDA s .

Jobs estava convencido de que os aparelhos que existiam na época eram muito complicados de utilizar, possuiam poucas funções e ele simplesmente não enxergava aqueles celulares como uma coisa últil no cotidiano das pessoas.

E esta era a proposta de Jobs, criar um smartphone que combinasse as funcionalidades de um celular, com uma bela interface, além de outras funcionalidades presentes em computadores de mão e muito mais e não é que ele estava certo 🙂 ?

Hoje em dia a Microsoft e a Nokia parecem estar em negociações, visando lançar um smartphone que faça frente ao smartphone da Apple. Mas Steve Jobs tinha em mente um conceito completamente diferente e revolucionário.

Sistemas como Windows Mobile, RIM ou Symbian certamente não são tão fáceis e intuitivas de utilizar como o iOS do iPhone, a impressão que passa é que eles foram lançados as pressas, ao contrário do iPhone, em que as idéias surgiram em 2002 e a apresentação oficial só foi ocorrer em 2007.

Podem falar que as vezes Jobs demora a lançar determinado produto, mas isto tudo é sinal da perfeição que ele exige dos produtos que a maçã pretende lançar e não é difícil entender porque demorou tanto tempo desde a concepção do primeiro e revolucionário iPhone em 2002 e a apresentação em 2007, o hardware e o design deste produto já dizem tudo 😉 .

Abraços para todos

Via