Press "Enter" to skip to content

Confira uma longa e esclarecedora entrevista com Steve Jobs

Muito se fala à respeito de Steve Jobs CEO da nossa admirada empresa que produz produtos que encantam a nós e uma grande maioria de usuários pelo mundo todo.

E hoje numa reveladora e extensa entrevista concedida ao conceituado jornalista Walt Mossberg, Jobs deu resposta para vários assuntos importantes ocorridas à pouco tempo.

Ele revelou por exemplo se era verdadeiro ou não o protótipo do iPhone 4G encontrado pelo site Gizmodo, falou também sobre a polêmica com a Adobe à respeito do Flash, a entrada e concorrência do Google num setor que era praticamente da maçã e muito mais assuntos interessantes!

Começaremos pelo ponto que deu e ainda continua dando muito o que falar que é o Flash da Adobe, veja o que disse Steve Jobs a respeito deste assunto:

Temos procurado sempre a inovação em tecnologia, adotando aqueles somente que consideramos úteis e que tenham futuro. A tecnologia está em constante evolução e se soubermos sabiamente escolher no que investir a longo prazo, isso nos poupará muito trabalho. Nós sempre fizemos isso e continuamos a fazê-lo. Primeiro nos abolimos o disquete com o primeiro iMac, depois nos abandonamos o uso de portas seriais e paralelas. Fomos o pioneiro no uso da porta USB pela primeira vez no iMac e não implementamos unidade ótica no MacBook Air. Nós somos muitas vezes forçados a fazer escolhas e nós nos esforçamos para fazer as escolhas que acreditamos ser mais justo. O Flash já teve a sua época e o HTML5 é o futuro. Pedimos a Adobe para eles nos mostrar algo novo e inovador, mas eles nunca fizeram.

Mudando agora para o assunto referente ao protótipo revelado pelo site Gizmodo, Steve Jobs procura disfarçar um sentimento de profunda raiva. Mossberg toca neste delicado assunto e utiliza as seguintes palavras: ¨Eu ouvi dizer que a polícia invadiu o apartamento do jornalista do site Gizmodo e apreendido o seu computador¨.

Jobs responde imediatamente, falando: ¨Bem, o apartamento do rapaz… Não podemos defini-lo como um jornalista, certo? E na sequência sobre este mesmo assunto ele revela que o protótipo revelado pelo Gizmodo é realmente verdadeiro, confira:

As fotos são verdadeiras, e o telefone estava fora da área protegida do campus de Cupertino porque  tínhamos que executar uma série de testes que são normais nestas fases. Este produto tem que ser muito testado antes de ser liberado e depois tive que retirá-lo de circulação. Um dos nossos colaboradores esteve com um destes aparelhos para testes em mãos e depois perdeu. Mas ainda pairam dúvidas sobre este assunto, porque eu não sei se ele estava realmente perdido em um bar ou se ele foi literalmente roubado de sua bolsa.

É uma história complicada e surpreendente: Houve um roubo acompanhado da compra de bens roubados depois de extorsão. Tenho certeza que teve sexo envolvido neste assunto e com certeza daria um enrendo para um filme.

Em seguida surgiram muitos boatos de que deixamos escapar de propósito esta história, tudo isto para não agirmos contra o rapaz do Gizmodo e ele tem considerado seriamente esta idéia e tentou manter esta idéia por muito tempo, mas depois não teve exito. Tudo isto iria contra os princípios e valores fundamentais para a sociedade e portanto não podemos simplesmente abandonar a questão e daremos prosseguimento a ação judicial em curso.

Outro assunto que apareceu recentemente na mídia são os casos de suicídios nas fábricas da Foxcoon, onde os funcionários são mantidos praticamente em cativeiros com o objetivo de manter os segredos dos produtos que a fábrica produz evitando assim contato com estranhos, Steve Jobs respondeu dizendo que não falta praticamente nada para estes funcionários dizendo que existem teatros, atrações, cinemas, restaurantes e muitas atividades. ¨Nós realmente sentimos muito os casos de suicídios que ocorreram ultimamente, e nós estamos realmente trabalhando duro no sentido de acabar com toda esta tragédia que vem ocorrendo¨.

Mudando agora para a nova concorrência que apareceu recentemente que é o caso do Google. Mossberg pergunta: ¨Como são as relações entre vocês?¨ No qual Jobs responde:  Vai muito bem obrigado, eu tenho uma vida sexual fantástica¨, numa alusão à outro tipo de relações, e evitando uma resposta direta à pergunta de Mossberg. A outra entrevistadora (Kate), toma a frente e pergunta se o site de pesquisas Google vai ser retirado do iPhone, e Steve Jobs rapidamente desmentiu:

¨O Google não irá remover, basta nós criarmos um produto melhor para eles¨.

A App Store foi tema de outra pergunta onde Steve Jobs afirmou que estão botando muita lenha na fogueira na questão de aprovação ou não de determinados aplicativos onde desenvolvedores tem reclamado da política de aprovação de seus programas. ¨De fato aprovar 95% de tudo o que recebemos a cada semana. Quem reclama de pedidos rejeitados sem qualquer explicação, deve examinar melhor o seu aplicativo ou a sua própria consciência, porque mentir e fácil e muitas vezes e podem chegar a ter os seus 15 minutos de fama. É realmente uma situação desagradável, mesmo que nunca tenhamos falado de ir para negar, confirmando que alguns desenvolvedores foram extremamente mentirosos sobre o real motivo da rejeição de um app, regras estas que servem para todos os aplicativos que são submetidos a análise para serem vendidos na App Store: Não recorrer a API PRIVATE, enviar aplicativos onde as funções não funcionam. Seguindo as regras do SDK é a garantia de que determinado aplicativo vai ser aprovado.

O assunto agora passa a ser a Microsoft, já que eles tocaram no assunto Google e nisto ele não poderia se aprofundar pois a Apple ultrapassou a sua rival apenas na bolsa de ações. Jobs afirmou: Nós nunca sentimos que concorriamos com a Microsoft, ou talvez seja por isto que perdemos cedo. Nós sempre visamos o desenvolvimento de tudo o que era de melhor, sem se preocupar que o produto é reservado apenas a um nicho de usuários. ¨E outras palavras, mesmo que os nossos computadores sejam menos populares, a Apple está plenamente satisfeita com o trabalho e além disso também devido a qualidade do produto que lhe permitiu obter a boa reputação de que goza hoje e, portanto, a possibilidade de um novo produto vender bem. ¨A questão da Apple ultrapassar a Microsoft na bolsa de ações foi um momento lindo: surreal¨… certamente foi um motivo de grande satisfação para Jobs.

E por fim muita conversa sobre o iPad. Jobs disse que o iPhone OS (sistema operacional em que a tablet se baseia) surgiu e era para ser lançado juntamente com o iPad, muito antes até mesmo do lançamento do iPhone e só mais tarde em seguida foi implementada no iPhone, obtendo o sucesso que todos nós estamos cientes.

O fracasso do tablet da Microsoft é a escolha do seu sistema operacional. Quando você dá uma caneta para criar um OS totalmente baseado em um dispositivo multitouch, é absolutamente impossível utilizar um sistema operacional de um desktop. Temos de criar um novo, especialmente dedicado à tablet

Entre outros assuntos foi citado o assunto referente a publicações que segundo Jobs é uma área que vai bem defendido para evitar uma nação composta de blogueiros. São as revistas, jornais, editoras( é claro que o foco do momento é o iPad). Ele também falou a respeito da AT&T, maior operadora americana ter o direito exclusivo de revender o iPhone e Jobs respondeu somente com palavras positivas. Com respeito as falhas do sinal da operadora que muitos reclamam oscilar muito, ele lembra que a operadora possui o maior tráfego de dados do Estados Unidos e certamente não é pouca coisa. Foi falado também a respeito da rede 4G em que o iPhone poderia ser revendido em outras operadoras, a Verizon por exemplo.

Chegamos a conclusão de que foi uma grande entrevista, um simples aperitivo do que vem por ai e com certeza no evento WWDC que começa no dia 7 de junho, grandes novidades serão anunciadas.

Abaixo você confere tudo o que foi relatado neste post em um vídeo com 5 minutos de duração e poderá analisar e ter até outro ponto de vista à respeito desta entrevista, mas infelizmente não é possível assistir o vídeo em iPod touch e iPhone, somente em computadores, pedimos desculpas.

Abraços

Via