Press "Enter" to skip to content

Comparação: Zune HD x iPod touch

Em setembro chegará ao mercado o novo player de música digital da Microsoft. Comparamos seus recursos com os do aparelho da Apple, o iPod touch.

Em setembro deve acontecer o lançamento do Zune HD, equipamento para tocar músicas e exibir fotos e vídeos, que chega com o objetivo de ser o principal concorrente do iPod touch. A Microsoft tem trabalhado duro para fazer frente ao principal rival. Será que consegue?

Muitos rumores sobre o novo produto da Microsoft circulam na internet desde o mês de abril. Confira abaixo uma tabela comparativa com todas as informações concretas sobre os dois reprodutores digitais.

Disponibilidade, preço e tela

O Zune HD deverá estar disponível no dia 15/9, com pré-venda já em 8/9, mas nada foi oficializado. Sobre o preço, o site de vendas online Amazon deixou vazar a informação que o Zune HD de 16 GB custará 220 dólares e o de 32 GB, 290 dólares. Não se sabe o preço que o produto terá no Brasil, mas na comparação com os Estados Unidos, o Zune HD de 16 GB deverá custar 79 dólares a menos que o iPod touch de 16 GB e a versão de 32 GB custaria 109 dólares mais barata.

Embora a tela do Zune HD seja 0,2 polegada menor que a do iPod touch, ela será de OLED, ou seja, mais brilho e menos consumo de bateria.

Navegação na internet e conectividade

A primeira linha do Zune HD virá com o Internet Explorer Mobile.  A Microsoft vai precisar provar para seus usuários que o navegador irá se comportar tão rápido como o Safari Mobíle.

O Zune HD será capaz de transmitir músicas via rede Wi-Fi para outros aparelhos com rede sem fio, recurso que o iPod touch não oferece. Mas o tocador da Apple pode transmitir as músicas pelo Bluetooth, com A2DP. A Microsoft não especifica se o Zune HD terá esse recurso.

Outra vantagem que o Zune HD tem sobre o iPod touch é a capacidade de sintonizar rádio e conectar o aparelho a uma televisão e assistir aos vídeos em alta definição.

Músicas, jogos e aplicativos

O novo Zune acompanha a loja de aplicativos da Microsoft, a Zune Marketplace. Ao contrário da App Store, da Apple, na qual o usuário deve comprar as músicas individualmente, o Zune Marketplace utiliza um sistema de assinatura mensal, no qual o usuário adquire uma espécie de cartão, o chamado Zune Pass, para baixar as músicas.

Não está confirmado se os jogos e aplicativos estarão disponíveis para o Zune HD, mas seu processador Nvidea Tegra é capaz de fazer do aparelho uma nova plataforma  para desenvolvedores de games investirem pesado. O que deve dar vantagem à Apple será a App Store, que já conta com mais de 60 mil jogos e aplicativos disponíveis.

Abraços

[Via Macworld]