iPod School

Com o Xbox One e PS4, dispositivos móveis ainda têm espaço no mercado de games?

André BazagliaAndré Bazaglia

xbox-one

Primeiro o Playstation 4, depois o Xbox One. As duas maiores fabricantes de videogames do planeta, Sony e Microsoft, anunciaram a mais nova geração dos seus populares consoles. Já que os grandes smartphones de hoje seguem um padrão similar – com variações no hardware e no tamanho da tela, mas nada muito significativo –, usaremos o smartphone da Apple para concretizar uma comparação dos consoles fixos com os dispositivos móveis. O iPhone representará um dispotivo móvel e o Xbox One e o Playstation 4 representarão videogames não-portáteis.


Hardware

Playstation 4 Xbox One iPhone 5
Lançamento 2013 2013 2012
Processador AMD Jaguar: 8 núcleos de 1.6GHz AMD Jaguar: 8 núcleos de 1.6GHz A6: 1.3 GHz dual-core
Cache L2 2X2MB 2X2MB 1MB
Memória RAM 8GB GDDR5 8GB DDR3 1GB DDR2
GPU AMD Radeon AMD Radeon PowerVR SGX 543MP3: 3 núcleos
Armazenamento em disco Desconhecido (expansível) 500GB HDD (expansível) Máximo: 64GB
Resolução Full HD (1080p) Full HD (1080p) 1136 x 640
Multiplayer online Playstation Network (PSN) Xbox Live Game Center

A tabela que criei mostra de maneira bastante clara a desvantagem inicial do iPhone com a barreira física criada pelo hardware do seu aparelho. Rechear o iPhone com um hardware similar dos grandes consoles é possível, mas inviável por dois motivos. Primeiramente, além de, na situação hipotética de um iPhone com um hardware monstruoso ser desenvolvido, ele seria tão grande quanto os enormes celulares-tablets da Samsung e mais grosso do que um tijolo. Em segundo lugar, a durabilidade de sua bateria seria curta. Isso é válido para a tecnologia usada pelas empresas hoje, em 2013.

Controles

xbox-ps4

O controle do PS4 tem touchpad frontal, sensor de movimentos e botões de opções e compartilhamento de conteúdo. O controle do Xbox traz o mesmo conforto de sempre combinado com um design muito mais elegante – pelo menos na minha opinião – e a correção do inaceitável problema do mal-contato da bateria que só a Microsoft conseguiu a proeza de mantê-lo por tanto tempo. O clássico padrão é o mesmo que conhecemos desde sempre: do lado direito, quatro botões frontais, dois botões traseiros e um analógico; do lado esquerdo, um analógico, quatro setas e dois botões traseiros; no centro, alguns botões que variam de acordo com o console.

Levando a situação para o iPhone, não há um controle físico no smartphone da Apple. Isso significa que devemos usar gestos touchscreen na inevitável situação dos nossos dedos tamparem a tela. Muitos botões exigem muitos dedos em cima da tela, e o espaço que já é pequeno se torna menor ainda quando o desenvolvedor de um game exagera na aplicação de botões. A jogabilidade sempre é, nesses casos, péssima. Além disso, a imprecisão se torna um problema quando os botões estão muito grudados, e ao invés de direcionar a atenção para o game, o usuário se preocupa em apertar os botões corretos.

Controles vendidos como acessórios existem no mercado. Alguns são excelentes e tornam a jogabilidade interessante, mas eles não fazem parte do celular. Ignoremos-os, portanto.

Multiplayer

O Game Center é pessimamente mal elaborado, e a Google apenas agora está desenvolvendo a Google Play Games Service. Desenvolvedores para Android certamente demorarão para adaptar seus apps para a rede social de jogos. Além disso, seu potencial é uma incógnita.

Já a Xbox Live e a Playstation Network colaboram para uma experiência incrível para o usuário. Pena que a Xbox Live é paga, mas ela, ao contrário do Game Center, não nos deixa a desejar em recursos e interatividade.

Onde entram o PSP Go e o Wii U?

psp-go-games

O PSP Go e o Wii U combinam portabilidade com uma variedade de jogos interessante e controles mais adequados. Para alguns jogos a ideia funciona bem, mas na minha opinião, a tentativa de criar um intermédio entre o fixo e o portátil baseando-se integralmente em um console robusto não consegue atender às necessidades de nenhum dos lados. Devemos optar: ou um jogo mais bem elaborado em uma televisão ou um jogo casual (mais simples) em um aparelho portátil. Claro que essa é minha opinião, e pode ser diferente da sua. Exponha suas ideias por meio dos comentários dessa matéria.

Conclusão

Apesar do hardware inferior e dos controles limitados, o iPhone, o iPod touch e o iPad, ao lado de outros modelos de smartphones e tablets, têm sim espaço no mercado de games. O jogador hardcore não deixará seu console de lado nunca, mas dentro do mercado de jogos casuais, a jogabilidade no iPhone é excelente. Aliás, isso é algo que não deve mudar no mercado de games nunca: enquanto estamos numa fila de um banco, não queremos ter que prestar atenção máxima em varios botões e vários elementos que recheiam a tela. Jogos casuais nessa situação, à lá Angry Birds, Tiny Wings, Subway Surfers e Temple Run, caem bem. Tudo tem seu público-alvo, sempre.

Programador, blogueiro, estudante de Engenharia de Computação. Em busca de deixar sua marquinha no universo.

  • Gustavo Henrique

    Argumentou no ponto certo: portabilidade é boa pra jogos casuais, mais que isso, não, obrigado, prefiro ir pra TV curtir um Call of Duty.

  • Hendric Cechinato

    Gostei da matéria. E do Templa Run também 😉

  • bruno

    nao tem como comparar…impossivel…o unico diferencial é a mobilidade..fora isso, os consoles sao indiscutivelmente superiores,. alguem ja imaginou um iphone com as configurações de um ps4 ou one?

    • João P.

      Realmente, essa comparação não nexo algum.

  • U_Doges

    Acho que o playstation 4 é DDR5

    • Achou certo, obrigado! "Graphics Double Data Rate, version 5", ou GDDR5. Ajustei na tabela. Aliás, o PS4 terá um desempenho superior ao Xbox One, de acordo com alguns sites. Veremos. 😛

  • Isac

    o wii u nao entra como "concorrente" do psp go, e se fosse seria do vita.
    O controle do wii u que possui tela nao é um portatil ele necessita de toda estrutura de hardware do wii u por perto. serve como uma extencao de sua tv possibilitando novos recursos e ate mesmo jogar pelo proprio controle quando ha mais pessoas na sala querendo ver outra coisa.
    quando a comparação, na minha opiniao nao ha como comparar consoles que foram feitos para jogos com celulares smartphones que foram feitos para simplificar o dia dia.
    Por mais que a estrutura de hardware dos smartphones melhore, os consoles sempre serão superiores.
    XBONE poderia entrar como um possivel concorrente da apple tv, ja que a M$ focou apenas em um sistema que fosse mais integrado com a tv e não dando tanta enfase em inovação, muito menos em games.

  • Rafael

    Esse artigo usa comparações que não deviam nem ser cogitadas. Comparar mobile comportátil? Ok. Comparar com videogame de mesa… pra que?

  • Scot

    Cara, vcs comparam iphone com tudo! O q tem a ver um console com um smartphone? Comparar com o vita e 3ds ate vai mas foi estapafúrdio esse artigo.

    • Luciano

      Concordo com vc , nao vi sentido nenhum comparar jogos de smartphones para consoles ,!!

      • Então vocês não compreenderam a matéria direito. 😉

        • Scot

          Cara, vc comparou o hardware dos dois! Nao tem nada a ver uma coisa com
          a outra, eh como ficar comparando motor de carro com moto.

          • Foi a única maneira que encontrei pra tornar mais sólido o argumento que o tipo de jogo do iPhone deve ser diferente do tipo do jogo do console. Não comparei pra dizer que o iPhone não tem espaço no mercado de games, mas sim pra dizer que ele tem um espaço numa dimensão diferente. 😉

            Abraços.

        • Luciano

          Olá André tudo jóia ?
          Então eu compreendi sim a matéria, mas continuo nao vendo sentido quando vc diz " dispositivos moveis teram ainda espaço no mundo de ganes ", da forma como vc fala parece que os jogos de console competem com os de smartphones, quando isso nao t nada haver uma coisa com a outra , jogos de smartphones é pra mera distração num intervalo de tempo como um almoço , uma aula vaga faculdade , jogos de console sao outro níveis !
          Bom sou fã do blog e das suas matérias mas essa comparação que vc fez ao meu ver sem sentido !

          • Oi Luciano,

            Obrigado pelo comentário! Claro que você tem total direito de discordar, e super concordo com você quando você diz que "jogos de smartphones é pra mera distração num intervalo de tempo como um almoço , uma aula vaga faculdade , jogos de console sao outro níveis". A ideia de comparar o hardware foi justamente dar valor ao argumento que o tipo de jogo do iPhone tem que ser outro, pra depois, chegar à conclusão do final do post: o estilo de game do iPhone deve ser diferente do estilo de game do PS3/Xbox.

            Acho que no fim, nós dois temos opiniões parecidas, rsrsrs. Grande abraço!

            • Luciano

              Bom dia André,

              Agora entendi a comparacao que vc fez , no fim vc fez a comparação para ficar claro justamente oque eu pensei e oque vc disse na conclusão kkkkkkk

  • Rafa

    Caraca, ta muito sem pé nem cabeça esse artigo, meu deus!
    Começa bem, comparando de forma atroz os recém anunciados consoles de mesa que faltavam para integrar a atual geração com celulares. Já na sequência cita a Sony e Microsoft como sendo "as duas maiores fabricantes de videogames do planeta", mercado esse que, atualmente, a Nintendo detém os melhores números globais, tanto em hardwere (com o sucesso comercial que foi o Wii e, atualmente, com o 3DS) quanto em softweres ( http://www.vgchartz.com/#embed_link ) se firmando como a atual maior fabricante.
    Por fim, quando parecia que não poderia piorar, lança mão de uma comparação novamente sem sentido entre o atual console de mesa da Nintendo com o PORTÁTIL da Sony! E não bastasse, da geração passada! haha
    Entendi qual foi a ideia: vamos traçar uma linha mais discrepante possível entre as diversas vertentes do entretenimento eletrônico.

    • Julio César

      Por isso que isso é um blog de Apple, nao de videogame. Talvez a melhor comparação nao possa ser feita a partir daqui justamente por isso. A ideia era falar que o iPhone ainda tem espaco no mercado, e nao falar tudo oq vc precisa saber sobre videogames.

    • denils

      tu que é burro procure um forum de games