Press "Enter" to skip to content

CEO da Lenovo diz que a missão da empresa é superar a Apple e a Samsung

Lenovo posts first loss in three years; founder Liu Chuanzhi returns in management changes

Há apenas dois dias, Larry Page, CEO da Google, vendeu a divisão de celulares da Motorola (que antes pertencia à Google) para a Lenovo. Em 2011, o valor da aquisição da Google foi de US$ 11,5 bilhões.Hoje, a Motorola pertence à Lenovo, e o valor de compra foi US$ 3 bilhões. A Google vendeu a Motorola por um quarto do preço que a comprou.

Em entrevista, Yuanqing Yang, o CEO da Lenovo responde algumas perguntas básicas.

Quando questionado sobre o encontro dele com os funcionários da Motorola em Chicago, ele diz que a mensagem dele foi que a combinação da Motorola com a Lenovo vai ser ótima, e que as duas empresas tem muito o que complementarem. Ele ainda adiciona que, juntas, elas podem conquistar o mercado de smartphones. Ele espera que a Lenovo consiga vender mais de 100 milhões de smartphones em 2015.

A entrevista completa, em inglês, também traz o primeiro momento que o CEO da Lenovo se interessou pela Motorola, de onde virá o crescimento para o número de 100 milhões de smartphones vendidos em 2015 ser alcançado, se os smartphones trarão a marca Lenovo ou Motorola (o CEO diz que que prevê algo do tipo “Motorola by Lenovo”), a questão da fabricação nos Estados Unidos ou na China e mais detalhes técnicos sobre o funcionamento da empresa. Confira-a aqui.