iPod School
iPod School

Apple lança seu serviço de streaming, o Apple Music

Caio CruzCaio Cruz

O tão aguardado serviço de músicas da Apple foi lançado nessa tarde, durante a WWDC. Batizado de Apple Music, o sistema de streaming musical vem para brigar com os grandes no segmento, como Spotfy e Deezer. A ideia é levar ao usuário não somente as músicas, mas estações de rádio online 24 horas, clipes e conectar os artistas com os fãs, trazendo conteúdo exclusivo para os usuários do aplicativo.

O Apple Music será lançado dia 30 de junho para cerca de 100 países, disponível para iPhone, iPad, Macs, computadores, Apple TVs e celulares com o sistema Android. O site brasileiro da Apple diz que será disponibilizado em breve. Vamos aguardar.

apple-music-ios-700x394

O serviço entra no cenário mostrando que veio pra brigar e ficar. O Apple Music é separado por três funcionalidades específicas. A primeira função é o próprio streaming de músicas. O catálogo é gigante, de acordo com a Apple, a biblioteca musical dispõe de “dezenas de milhões” de faixas para poder agradar os variados gostos dos ouvintes em qualquer lugar do mundo.

Assim como os seus concorrentes, é possível criar listas de reprodução, baixá-las para ouvir off-line e também compartilhar com amigos pelas redes sociais. O Apple Music tem um algoritmo que consegue identificar os gostos musicais do usuário de acordo com as canções ouvidas, a fim de recomendar álbuns e artistas, trazendo mais conteúdo musical aos ouvintes.

apple-music-my-music-app-05

A segunda funcionalidade do Apple Music é o Rádio, sob o conceito de rádio online. O serviço terá estações virtuais online 24 horas por dia e terão artistas de renome comandando as “pick-ups”. A primeira estação foi apresentada, chamada de Beats 1, comandada pelos DJz Zane Lowe, Ebro Darden e Julie Adenuga. Você pode até não conhecer esses nomes, mas são super famosos no cenário musical. Ou seja, o usuário estará muito bem cuidado quando quiser ouvir músicas por essa função. A funcionalidade trará também entrevistas exclusivas com cantores e programas de notícia sobre o mundo da música.

Por fim, o Apple Music trás uma função que pode agradar muitos, o Connect. A função deixa os artistas mais próximos dos fãs, podendo publicar mensagens, fotos de bastidores, letras de músicas que estão sendo feitas e as últimas canções lançadas. O objetivo é centralizar tudo sobre os artistas e seu público no mesmo aplicativo, ao invés de o usuário ter diversas redes para acompanhar seu cantor favorito.

apple-music-connect-700x394

Os três primeiros meses de assinatura serão gratuitos. Vale lembrar também que a versão gratuita será muito limitada, podendo ver o conteúdo postado por artistas no Connect, acompanhá-los e ouvir a estação Beats 1. Após o período de teste, quem quiser continuar com as funcionalidades ilimitadas, terá a mensalidade a partir de U$$ 9,99, e haverá também uma versão familiar, de até seis pessoas na mesma conta por US$ 14,99.