iPod School

Apple dá um passo para trás no ranking de empresas verdes

André BazagliaAndré Bazaglia

Pelo fato de sempre citar algumas informações sobre impactos ambientalistas em seus eventos, muita gente têm a impressão que a Apple é uma “empresa extremamente verde”. Apesar da tal preocupação realmente existir, por mais estranho que possa parecer, ela sempre foi uma empresa muito criticada neste aspecto. O próprio Steve Jobs publicou uma página bem interessante no site oficial da Apple, intitulada “Uma Apple mais verde” (sugiro que você confira clicando no link em azul) falando sobre o que a Apple anda fazendo para reverter a situação.

Nessa segunda-feira, a GreenPeace divulgou seu clássico relatório sobre as empresas tecnológicas mais amigáveis ao meio ambiente. A Apple, que ano passado tinha 4,6 pontos num total de 10, hoje tem 4,5. Parece ser uma diferença mínima, e é, mas dentro de um meio onde toda empresa deve incontestavelmente se comprometer a aumentar suas pontuações a cada ano, uma redução na mesma é algo bem chato de se ver.

Por favor, clique na imagem para ampliá-la.

As informações divulgadas pelo Greenpeace são claras, completas e extremamente organizadas: Apple perde pontos principalmente na falta de transparência nos relatórios de emissões de gases estufa, na defesa da energia limpa e na falta de informações sobre gestão de produtos químicos tóxicos e uso de plástico reciclado pós-consumo.

As informações específicas sobre as notas em cada critério da Apple, em .PDF, estão disponíveis dentro do domínio greenpeace.org – acesse-o aqui.

Programador, blogueiro, estudante de Engenharia de Computação. Em busca de deixar sua marquinha no universo.