iPod School

Análise: comparando a tela de safira com o material da tela dos iPhones atuais

André BazagliaAndré Bazaglia

Uma das supostas novidades do iPhone 6, que será apresentado pela Apple no dia 9 de setembro – em evento que será coberto ao vivo pelo iPod School –, é a tela de safira. Ela foi o ponto de várias polêmicas na web inteira. A questão que até hoje persiste é: como o novo material se sai em comparação com o Gorilla Glass, da pela Corning Inc., que equipe os iPhones atuais e outros smartphones com alto volume de vendas no mercado (como o Galaxy)?

Um vídeo da “UBREAKFIX” responde a questão.

A partir dos 40 segundos, o Gorila Glass passa pelo teste de riscos. A partir dos 47 segundos, é a vez da tela de uma tela de safira passar pelo mesmo teste. Esta segunda levou a melhor – foi quase que inatingível por riscos.

A tela de safira não risca tão fácil. Na verdade, quando expostas ao mesmo teste não há riscos perceptíveis na safira, enquanto a Gorilla Glass está claramente riscada. O detalhe é que a Gorilla Glass já é, por sua natureza, muito resistente a riscos. Imaginar que, em breve, poderemos ter algo tão melhor é impressionante.

Além de riscar – muito – menos, a tela de safira é mais resistente em aproximadamente 25%. Em outras palavras, precisa-se aplicar uma força 25% maior na tela de Safira para quebrá-la (em uma comparação com o Gorilla Glass).

No entanto, no universo da tecnologia, em todo prós, há contras. No comparativo das duas telas não é diferente. A tela de Safira é menos flexível, o que a torna menos resistente a quedas.

Conclusão: a tela de safira sozinha tornaria o iPhone menos resistente à quedas. Isto não significa, no entanto, que a Apple não tenha trabalhado em uma maneira alternativa em combinar resistência a impactos a uma tela tão forte e resistente a riscos.

via MacRumors.

Top

Programador, blogueiro, estudante de Engenharia de Computação. Em busca de deixar sua marquinha no universo.