Press "Enter" to skip to content

Amazon Kindle Fire, o mais novo concorrente do iPad

Chegou um pouca atrasada, mas chegou. Hoje, em um evento realizado pela Amazon, a empresa anunciou o mais novo modelo do Kindle, denominado de Kindle Fire. Sua principal característica é o seu preço, apenas US$199 (!) – sendo bem mais barato que os tablets concorrentes.

O tablet possui uma tela de 7 polegadas, tela IPS e com 169 pixels por polegada, e apenas 8GB de armazenamento. Ele possui um processador dual-core, 512MB de RAM e somente com WiFi – nada de 3G. A vida da bateria do tablet foi não comentada durante a sua apresentação.

Para quem está preocupado com apenas 8GB de armazenamento, a Amazon possui serviços na nuvem, e esse número pode dobrar e até mesmo triplicar.

Os usuários terão acesso a mais de 100 mil filmes e programas de TV, 17 milhões de músicas, a Android Appstore, Kindle Books e todo o conteúdo da Amazon através do tablet. Os filmes e conteúdos do gênero irão sincronizar via streaming, ou seja, se você está vendo um filme e decidir parar para terminar de assistir em um outro dispositivo, isso será possível. E ainda tem mais: nenhuma atualização (de nada mesmo!) terá que ser feita pelo usuário do tablet.

O Kindle Fire, como os rumores apontavam, roda um Android bastante modificado e relatos afirmam que ele é bastante rápido. A Amazon teve o esforço de criar o seu próprio navegador web para o tablet, chamado Silk. Uma das características do navegador é que o mesmo usa, essencialmente, a tecnologia da nuvem para obter um cache infinito para suas páginas web.

Creio que foi uma boa tacada da Amazon em ter lançado um dispositivo deste tipo. Não foi um tablet como de qualquer outra empresa (como: Samsung, Motorola) e ao mesmo tempo implantou no tablet o que um usuário comum faz praticamente todos os dias com um tablet: navega na web, e-mail e ler. Claramente, o iPad é um dispositivo muito mais completo e com muitas mais funcionalidades do que o Kindle Fire, porém para quem quer algo simples e que realmente funcione, o Fire pode ser uma boa escolha.

A pré-venda do tablet começa hoje e os primeiros envios acontecerão no dia 15 de novembro.