Geohot foi o primeiro hacker do mundo que conseguiu fazer com sucesso, o processo de jailbreak no saudoso iPhone Classic/EDGE/Original, fazendo com que a prática do jailbreak ficasse funcional para usuários comuns e libertando o iPhone para práticas antes inimagináveis, como a instalação de softwares que a Apple não permitia, bem como demonstrando para os seus usuários de que determinandas funções eram possíveis sim, mas que a Firma de Cupertino não liberava por capricho ou por incapacidade mesmo.

Geohot The New Yorker traz um longo artigo falando sobre o hacker George Hotz (Geohot)

Ele também conseguiu a façanha de destravar o video game Playstation 3, considerado por muitos hackers, uma tarefa quase impossível, mas lá foi Geohot tentar, e não é que ele conseguiu? Processos da Sony contra ele não faltaram. Mas ao que parece tudo foi resolvido.

Mas ele não trabalhou somente com jailbreak, ficou um certo tempo no Google e posteriormente trabalhou 8 meses no Facebook. Mas o que chama a atenção para esta reportagem é o fato de o The New Yorker trazer 7 páginas de entrevista com o famoso hacker.

Segue agora algumas curiosidades que você já pode saber: as suas primeiras incursões no mundo da programação aconteceram aos 5 anos de idade! Sucessos profissionais, processos da Sony contra ele por causa do jailbreak no Playstation 3, são alguns dos assuntos desta grande entrevista.

Só que infelizmente, tem uma má notícia: ele afirmou que dificilmente voltará a trabalhar com jailbreak nos iGadgets da Apple. Se você quiser ler a entrevista em inglês, basta clicar aqui.

Via: iDownloadBlog

2 respostas para The New Yorker traz um longo artigo falando sobre o hacker George Hotz (Geohot)

  1. Rodrigo disse:

    A reportagem sobre Geohot cita o Brasil, naquele momento que diversos bancos foram atacados por Hackers. Bacana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>